Brasil

Travesti é enterrada de terno e bigode em Aracaju

"Isso é um crime", disse a vereadora trans Linda Brasil

Publicado em 13/10/2021 14:13 Atualizado em 13/10/2021 14:41
logo
Por Redação Portal T5
Bandeira LGBT

Bandeira LGBT (Foto: Reprodução)

Uma travesti foi enterrada de terno e bigode pela família em Aracaju, no estado de Sergipe. De acordo com uma publicação do colunista Ancelmo Gois, o ato foi denunciado pela vereadora trans Linda Brasil nas redes sociais.

"Isso é um crime, não é porque é da família que tenha legitimidade de praticar a transfobia", escreveu ela nos stories do Instagram.

Segundo Jéssica Taylor, que dirige a instituição Transunides, a travesti foi abandonada pela família. "Lana foi desrespeitada pela família, que colocou até um bigode nela e a enterrou de terno, indo contra a sua identidade de gênero. A família não aceitava a orientação sexual dela. Eu achei uma violência", disse.

"Só quem é trans sabe o que já passou até conseguir assumir a identidade. Nem na grande despedida, que é a morte, ela foi respeitada. Lana morreu de tristeza", lamentou Jéssica.



*Com informações de O Globo


Leia também:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play