TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
Abandono e desnutrição

Filha é presa por manter pai idoso sob maus-tratos na Paraíba; veja como denunciar

Caso foi registrado na cidade de Soledade nesta quinta-feira (4)

Por Redação Publicado em
Idoso desnutricao soledade
Idoso foi encontrado desnutrido em Soledade

Uma jovem de 26 anos foi presa suspeita de manter o próprio pai, de 69 anos, sob maus-tratos na Paraíba. O idoso resgatado foi encontrado desnutrido e vivendo em um ambiente insalubre. O caso foi registrado na cidade de Soledade nesta quinta-feira (4).

De acordo com informações da Polícia Civil, o idoso era mantido em condições degradantes e desumanas. Desnutrido, o homem foi encontrado com ossos salientes e pele seca. Ele foi encaminhado para um hospital da região.

Além da filha do idoso, uma outra mulher também foi presa e autuada por crime previsto no Estatuto do Idoso. Isso porque, segundo a investigação, essa pessoa estava com o cartão do benefício social do idoso para garantir o pagamento de um empréstimo feito pela filha dele.

Denuncie

Se você sofre ou presenciou algum tipo de violência contra idosos, denuncie. Violações de direitos com a pessoa idosa podem ser denunciadas à Polícia Militar (telefone 190), Polícia Civil (197), em delegacias, disque-denúncias, Centros de Referência Especializada em Assistência Social, entre outros locais.

De forma virtual também é possível fazer uma denúncia. Para isso, a Polícia Civil disponibiliza a delegacia online. Acesse através do endereço www.delegaciaonline.pb.gov.br. A nível nacional, uma opção de canal de denúncia é o disque 100.

  • João Pessoa

A população da capital paraibana pode ligar para denunciar este tipo de violência é o 3218-9816, do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Já a Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso funciona na Avenida Francisca Moura, 36, no Centro de João Pessoa. O telefone para denúncia é o 3218-6762.

Também é possível registrar uma denúncia através do Disque 156, da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc).



Relacionadas