Paraíba

“Negacionismo não faz bem para o Brasil”, arcebispo da Paraíba comenta postura do governo sobre vacinas

Dom Manoel Delson também falou sobre violência contra o público LGBTQI+

Publicado em 17/02/2021 09:16 Atualizado em 17/02/2021 12:39
logo
Por Dennison Vasconcelos
“Negacionismo não faz bem para o Brasil”, arcebispo da Paraíba comenta postura do governo sobre vacinas

(Foto: Divulgação/Arquidiocese da Paraíba )

O arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson, comentou a polêmica envolvendo o tema "Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor", da Campanha da Fraternidade deste ano, lançada oficialmente nesta quarta-feira (17). Em entrevista à rádio Jovem Pan João Pessoa, o religioso falou sobre a violência sofrida contra a população LGBTQI+ e afirmou preocupação com a postura do governo sobre as vacinas contra a Covid-19. 

Dom Manoel Delson declarou que a lentidão da campanha de vacinação é reflexo da divergência do governo pela ciência. "Negacionismo não faz bem para o Brasil. Não faz bem para ninguém. Só tem atrapalhado o combate à pandemia. Essa divergência da ciência com a prática que o nosso governo está tendo não tem ajudado", disse.

O arcebispo salientou que "isso não significa que eu sou contra o governo ou que sou contra uma ideologia ou outra. Isso é uma situação pontual que afeta o conjunto dos brasileiros". 

Sobre o texto da campanha que cita a violência contra o público LGBTQI+, Dom Manoel Delson disse que a Igreja Católica não defende questões de gênero, liberdade sexual ou aborto, mas há respeito. "Mesmo que a gente não aceite os conceitos que eles defendem na prática sexual, livre e aberta, temos nossas restrições a respeito disso, mas a pessoa humana tem que ser valorizada e respeita na sua dignidade", afirmou.

(Foto: Divulgação/CNBB)
Após críticas nas redes sociais, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) precisou esclarecer, em nota, a defesa dos pontos referentes à realização da campanha. No documento, a CNBB reafirma que a Igreja Católica tem sua doutrina estabelecida a respeito das questões de gênero e se mantém fiel a ela. “A doutrina católica sobre as questões de gênero afirma que ‘gênero é a dimensão transcendente da sexualidade humana, compatível com todos os níveis da pessoa humana, entre os quais o corpo, a mente, o espírito, a alma. O gênero é, portanto, maleável sujeito a influências internas e externas à pessoa humana, mas deve obedecer a ordem natural já predisposta pelo corpo”. 

Veja também:

Envie sua sugestão de pauta para o Portal T5. Adicione nosso número no WhatsApp: (83) 9 9142-9330
Siga o Portal T5 no Facebook, Instagram e Twitter!

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play