Geral

Argentina legaliza o aborto

Prática era considerada crime desde 1921. Exceção era pra estupro ou quando havia risco de vida para mãe.

Publicado em 30/12/2020 11:23 Atualizado em 30/12/2020 15:42
logo
Por Redação Portal T5
Senado Argentino

Senado Argentino (Foto: Reprodução)

Uma decisão do Senado argentino culminou na aprovação do aborto por 39 votos a favor e 29 contra. Ainda houve uma abstenção. A ação aconteceu durante a madrugada desta quarta-feira (30).

Desta forma, as mulheres que decidirem interromper a gravidez podem fazê-la de forma legal, segura e gratuita – isso, inclusive, no sistema de saúde.

Em razão da decisão, várias manifestações de grupos feministas preencheram as ruas do país.

Desde 1921 que a prática é considerada crime no país. A exceção era em casos onde havia estupro ou risco de vida da mãe.

Leia também:

+ Bombeiro que repetia aposta em loteria, não jogou e "perdeu" quase R$ 10 milhões

+ Tatá Werneck irá leiloar vestido usado no Prêmio Multishow 2020

+ Gkay chega ao México após polêmica com Rezende+ Na PB: homem tem corpo incendiado após mulher jogar acetona

+ Senadores querem prorrogação imediata do auxílio emergencial

+ Argentina legaliza o aborto

+ Rede de hospitais reabre inscrições para contratação de profissionais; há vagas para a Paraíba

+ Cantor morre após ser baleado enquanto tomava banho de bica

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play