TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
No instagram

Briga de apresentadores por audiência movimenta redes sociais: "Lamentável"

A atitude repercutiu na web.

Por Redação T5 Publicado em
IMG 20171019 131022

Ibope em João Pessoa: Afinal, de quem é o primeiro lugar?

A cada divulgação de pesquisa de audiência as emissoras entram em embate – literalmente – pelo topo do ranking. Mas, até onde vale a briga pela liderança e, afinal de contas, a quem pertence o primeiro lugar?

Nesta quarta-feira (18), o Kantar Ibope Media – MW divulgou a pesquisa de audiência referente às emissoras de televisão de João Pessoa. A preferência dos pessoenses foi medida no período entre 15 a 21 de setembro deste ano.

O telespectador, que nada tem a ver com o confronto entre as empresas, se vê no meio de um fogo cruzado.

De um lado, a TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo no estado, publicou em suas redes sociais que o JPB 1ª edição ostenta o título de campeã do Ibope com 15,64 pontos.

Contudo, Samuka Duarte revela ser o líder ao ter obtido 34,85 pontos no programa Correio Verdade, da TV Correio/Record.

Mas, por que tanta 'confusão'? Primeiro, é preciso esclarecer que share e audiência são indicadores diferentes. Pelo menos é o que reforça o professor de Matemática e Mestre em Estatística, Pedro Cézar Coelho. "Existe uma distinção entre audiência e share. São dois indicadores bem diferentes. A audiência leva em conta a proporção de pessoas assistindo em relação à população como um todo, enquanto o share é a proporção de pessoas ligadas numa determinada emissora das que estão assistindo”, disse.

O estatístico vai além e ressalta que a coroa do líder não pode pertencer a dois reis.  “Isso vai muito do recorte que é feito. Por exemplo, no programa de Samuka eles fizeram o recorte de segunda a sexta, de 12h às 14h. Aí é como se encontrasse a média até a sexta-feira nesse horário. Essa é a média geral”, ressaltou.

“Já no programa da Cabo Branco, eles pegaram de segunda a sábado e frisaram só o programa. Por que nas audiências de TV eles não pegam só a faixa de horário, pegam por programa. Tem programa que tem só 15 minutos, nunca pega uma hora toda. Nesse caso, foi enfatizado somente a audiência do programa e de segunda a sábado”, alertou.

Esse cenário não é admissível, segundo explicou o especialista, por que não há como comparar atrações que não são exibidas de forma simultânea. “Eles não podem ser comparados, por que são programas com faixas de horários distintas. O JPB é veiculado de 12h a 12h30 e o Correio Verdade é de 12h às 14h. Então não tem comparar esses dois horários a não ser que compare de 12h a 12h30 que é o horário em que ambos estão simultaneamente no ar. Pra isso tem que fazer o recorte nos horários e comparar, especificamente, se um ganha do outro. O recorte que o Correio Verdade está usando é de segunda a sexta, por isso dá esse share até mais alto. E o JPB está usando os dados de segunda a sábado”, analisou.

E seguiu: "Nesses dados, a TV Cabo Branco está usando a audiência e a TV Correio o share. Mas o grande problema não é nem esse. É que uma está usando de segunda a sábado e o outro de segunda a sexta; e um programa tem duas horas seguidas e o outro tem meia hora. Não pode se comparar", enfatizou.



Relacionadas