Gente famosa

Thiago Maia pede R$ 100 mil de indenização à ex, Isadora Pompeo

O motivo do processo seria pelo pedido da retirada do vídeo “Nota de Esclarecimento”, feito pela cantora gospel

Publicado em 27/09/2021 17:29 Atualizado em 27/09/2021 17:32
logo
Por Carlos Rocha
Thiago Maia pede R$ 100 mil de indenização à ex, Isadora Pompeo

Thiago Maia pede R$ 100 mil de indenização à ex, Isadora Pompeo (Foto: Reprodução)

Thiago Maia está processando e abriu um boletim de ocorrência contra sua ex-esposa, a cantora gospel Isadora Pompeo. O jogador entrou com uma ação em 23 de Junho de 2021, pedindo uma indenização de R$ 100 mil por danos morais. O motivo do processo seria pelo pedido da retirada do vídeo “Nota de Esclarecimento”, feito pela cantora gospel em 1 de Junho do mesmo mês.

Segundo Thiago, Isadora tem postado nas redes sociais ofensas e inverdades sobre ele desde o divórcio, o que, segundo o próprio, é prejudicial para sua carreira, já que ambos são figuras públicas. Ele também fez um pedido solicitando que Isadora não cite mais seu nome.

A juíza do caso indeferiu (negou) por ora o pedido de Thiago de remoção imediata do vídeo, pois não se comprovou o intuito dif*mató*io por parte da cantora.

“No referido vídeo, divulgado pela requerida como “Nota de Esclarecimento”, o nome do autor não é mencionado, tampouco sua profissão ou o clube no qual trabalha. Em que se pese ambos possuírem alguma projeção na mídia, a associação à pessoa do autor não é imediata, tampouco fica comprovado que a requerida se pronuncia tomada pelo ímpeto difa*atório alegado. (…) E bem assim que o vídeo veiculado pela ré mais se assemelha a um "desabafo" a respeito de situação pessoal(…) Não se vislumbra, em cognição sumária, como dito, propósito de dif*mar ou inj*riar, não tendo sido proferidas ofensas diretas à pessoa do autor.”

Na ação, Thiago anexou como prova um boletim de ocorrência (B.O.) contra a ex: “No que concerne ao perigo de dano, não obstante o autor afirmar ter sofrido ameaças à sua integridade física em função do referido vídeo, tampouco restou devidamente comprovado, vez que o Boletim de Ocorrência juntado não faz jus a tal demanda.”

Além disso, caso Isadora citasse Thiago de forma difamatória pelas redes, a juíza poderia reverter a decisão judicial.

Thiago recorreu à decisão da juíza, com um agravo de instrumento, pedindo que um novo juíz revisasse o pedido de tutela e foi desprovido, negado novamente.

Da decisão cabe recurso.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play