Brasil

Ministro paraibano pode se tornar investigado e deixar de ser testemunha na CPI da Covid

Senadores do G7 entendem que Marcelo Queiroga não tem autonomia para comandar a pasta.

Publicado em 17/06/2021 08:54 Atualizado em 17/06/2021 08:59
logo
Por Redação Portal T5
Ministro paraibano Marcelo Queiroga

Ministro paraibano Marcelo Queiroga (Imagem: Reprodução)

Em entrevista nesta quinta-feira (17), o senador Renan Calheiros, relator da CPI da Pandemia, disse que alçará ao posto de investigado pela comissão ministro paraibano Marcelo Queiroga. O titular da Saúde deixará de contribuir com o processo como testemunha.

Senadores que integram o G7 – grupo de oposição e de políticos independentes que comanda a comissão, entenderam que o ministro não tem autônomia para conduzir a pasta.

Procurado, Queiroga não se manifestou. A lista de novos depoimentos deve ser divulgada até esta sexta-feira (18), quando está prevista a apresentação dos nomes, às 11h30.

Ontem, na quarta-feira (16), o ministro - como ato simbólico da luta contra a Covid-19, vacinou o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes; e o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. A imunização aconteceu em visita ao Hospital Regional do Guará, no Distrito Federal.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play