Política

"Melhor perder a vida do que a liberdade", diz Marcelo Queiroga citando Bolsonaro

"Essa questão da vacinação tem dado certo porque nós respeitamos as liberdades individuais", declarou o ministro

Publicado em 07/12/2021 19:54
logo
Por Redação Portal T5
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, justificou as medidas tomadas pelo governo federal em combate à pandemia da covid-19 dizendo que, "como diz o presidente, é melhor perder a vida do que perder a liberdade". A declaração foi feita nesta terça-feira (7) em uma coletiva de imprensa.

"Nós queremos ser, sim, o paraíso do turismo mundial. E vamos controlar a Saúde, fazer com que a nossa economia volte a gerar emprego e renda. Essa questão da vacinação, como realcei, tem dado certo porque nós respeitamos as liberdades individuais. O presidente falou agora há pouco: 'às vezes, é melhor perder a vida do que perder a liberdade'", disse Queiroga.

A fala do ministro foi dita para justificar a não adoção do governo à exigência de comprovação da vacinação contra a covid-19. Nesta terça (7), o governo anunciou que exigirá quarentena de cinco dias para viajantes não vacinados para entrada no Brasil. A medida é contrária à recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a exigência de vacinação para viajantes.


Leia também:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play