Polícia

Justiça manda soltar suspeito de espancar, estuprar e matar enteada de 3 anos, na PB

No início do mês passado a mãe da menina também estava detida e foi beneficiada com a mesma decisão

Publicado em 19/11/2020 18:45 Atualizado em 12/12/2020 02:51
logo
Por Redação Portal T5
Justiça manda soltar suspeito de espancar, estuprar e matar enteada de 3 anos, na PB

Foto: Divulgação

O Ministério Público pediu e a Justiça determinou a soltura do homem suspeito de espancar, abusar sexualmente e matar a própria enteada na cidade de Patos, Sertão da Paraíba. No início do mês passado a mãe da menina de apenas três anos também estava detida e foi beneficiada com a mesma decisão. Agora eles devem responder ao processo em liberdade.

"Eles estavam presos a 45 dias e nesses 45 dias não houve oferecimento de denúncia, uma vez que o ministério público não estava satisfeito com os indícios ali apresentados. Requereu novas diligências para firmar o convencimento do Ministério Público e a lei é clara onde diz que os réus presos, quando estão em virtude de prisão preventiva, tem até 30 dias para o oferecimento de denúncia. No caso, ele já estava preso há 45 dias sem oferecimento de denúncia, o que levou a este juízo a conceder a liberdade provisória dos indiciados na volta do intervalo", informou uma representante da comarca.

Leia também:

Mister morre em acidente de moto em rodovia no interior da Paraíba

Após 400 cirurgias, apresentadora atacada com ácido pelo ex faz desabafo

PRF e PM apreendem mercadorias sem documentação fiscal avaliadas em mais de R$ 300 mil no sertão paraibano

Parte de falésia da praia de Pipa desaba e mata três pessoas da mesma família

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar