Paraíba

Idosa é encontrada morta em calçada após se recusar a permanecer em hospital da PB

O caso aconteceu em Campina Grande, Agreste do estado

Publicado em 21/05/2021 21:30 Atualizado em 21/05/2021 22:08
logo
Por Carlos Rocha
Idosa é encontrada morta em calçada após se recusar a permanecer em hospital da PB

Após se recusar a permanecer em uma unidade hospitalar de Campina Grande, no Agreste paraibano, uma idosa de 62 anos foi encontrada morta na manhã desta sexta-feira (21). Ela esteve no Hospital Pedro I na noite anterioa e teria se recusado a permanecer para dar continuidade ao atendimento médico. Segundo os médicos, havia suspeita de Covid-19.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por pessoas que encontraram a mulher caída em uma calçada no bairro Centenário. A equipe apenas constatou o óbito. O corpo teria sido removido do local por uma agência funerária.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) emitiu uma nota dizendo que a mulher apresentava dificuldade para respirar e a oxigenação dela era de 70%. Ela teria passado por uma tomografia e exames de sangue, inclusive para diagnóstico para o novo coronavírus e recebeu suporte de oxigênio. No entanto, antes mesmo de receber o diagnóstico do teste e a indicação de internação, ela se recusou a permanecer no local.

Ainda segundo a nota, filha da idosa teria assinado um termo de responsabilidade. A secretaria lamentou a morte da idosa e reforçou que a unidade hospitalar não poderia realizar uma internação compulsória.

Leia também:

Decreto determina que bares e restaurantes de CG funcionem até 16h

Motociclista fica ferido após colisão entre quatro veículos na BR-230

Locais de provas do concurso de João Pessoa são divulgados

Lady Gaga revela que engravidou aos 19 anos após ser estuprada

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play