Paraíba

Decreto limita funcionamento do comércio, bares e restaurantes em Cajazeiras

Academias, templos religiosos, escolas públicas e privadas, creches, berçários e afins ficarão fechados, funcionando apenas de forma remota

Publicado em 17/02/2021 21:15 Atualizado em 17/02/2021 22:34
logo
Por Carlos Rocha
Decreto limita funcionamento do comércio, bares e restaurantes em Cajazeiras

Bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, tendas de espetinhos, praças de alimentação e estabelecimentos similares de toda Cajazeiras não poderão funcionar com atendimento presencial de clientes a partir da 0h desta quinta-feira (18). O decreto municipal vale até o dia 28 de fevereiro. Confira o decreto

De acordo com o documento, o comércio em geral, bancos, clínicas, consultórios e outros estabelecimentos apenas funcionarão com 30% de sua capacidade, mas sem mudança de horário. As atividades essenciais devem funcionar normalmente, mas com fiscalização.

Com a decisão, os restaurantes poderão ficar abertos e receber pedidos, desde que o cliente faça o pedido e consuma em casa ou adote o sistema delivery (serviço de entregas). Não poderá haver consumo nas dependências do estabelecimento durante a vigência do decreto.

Academias, templos religiosos, escolas públicas e privadas, creches, berçários e afins ficarão fechados, funcionando apenas de forma remota. Apresentação de grupos musicais estão proibidas. Já os balneários em açudes ou rios, circos e parques, devem fechar as portas.

Os órgãos de vigilância sanitária, as forças policiais estaduais e o Procon ficarão responsáveis pela fiscalização. Desrespeitos serão punidos com multa ou fechamento do estabelecimento comercial em caso de reincidência, lembrou o procurador municipal, Sérgio Cunha.

Leia também:

Paraíba registra 1.014 novos casos de Covid-19 e 16 óbitos nesta quarta (17)

Açude Boqueirão recebe quase 5 milhões de metros cúbicos de água, diz AESA

"Toda sua", diz Patricia ao passar a coroa de maior rejeição para Nego Di

Covid: PMPJ pode regredir na flexibilização após aumento de casos, diz secretário

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play