Brasil

Compra de cloroquina é avaliada pelo TCU como uso ilegal de dinheiro público

Eduardo Pazuello, que entrou em contradição sobre a indicação do tratamento precoce contra Covid-19, tem 5 dias para dar explicações

Publicado em 26/01/2021 21:15 Atualizado em 26/01/2021 21:36
logo
Por Metrópoles
Compra de cloroquina é avaliada pelo TCU como uso ilegal de dinheiro público

O Tribunal de Contas da União (TCU) considerou ilegal o uso de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para o fornecimento de cloroquina para tratamento precoce de pacientes com Covid-19 e deu cinco dias para que o Ministério da Saúde, apresente explicações.

O ministro Benjamin Zymler apontou que o fornecimento do medicamento, utilizado para o tratamento da malária, não tem comprovação científica e, por isso, só poderia ser fornecido pelo SUS para uso contra a Covid-19 se houvesse autorização da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ou de autoridades sanitárias estrangeiras, o que não ocorreu.

Confira a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do Portal T5

Leia também:

Paraíba ultrapassa 4 mil mortes por Covid-19

Homem é atropelado na BR-230 próximo à passarela, em João Pessoa

Prefeitura da capital lança plataforma com nomes de vacinados contra Covid-19

Saiba onde encontrar o quilo do queijo mais barato em João Pessoa

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar