Polícia

Adiada para novembro audiência de caminhoneiro suspeito de estuprar e matar adolescente

Familiares e amigos da jovem protestaram em frente ao fórum em Mamanguape

Publicado em 27/10/2020 14:00 Atualizado em 27/11/2020 01:42
logo
Por Redação Portal T5
Adiada para novembro audiência de caminhoneiro suspeito de estuprar e matar adolescente

O caminhoneiro suspeito de estuprar e matar a menina Karolina Oliveira, de 16 anos, que era moradora de Goianinha, no Rio Grande do Norte, teve a audiência adiada. Houve um protesto em frente ao Fórum Desembargador Miguel Levino de Oliveira Ramos, em Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba, nesta terça-feira (27).

A jovem, que morava em Goianinha, na Grande Natal, desapareceu de casa em 5 de agosto de 2019 e foi encontrada morta no dia seguinte no município de Capim, na Paraíba, com sinais de abuso sexual.

O caminhoneiro pernambucano Josué Cabral dos Santos, de 34 anos, deveria ser ouvido em audiência mas o advogado de defesa desistiu do caso e por esse motivo a oitiva foi cancelada.

Quatro testemunhas de acusação também seriam ouvidas na ocasião, o pai da vítima, dois rapazes, um que havia namorado com Karolina e outro que namorava menina quando ela foi assassinada, além de duas moças que foram abordadas por Josué antes do caminhoneiro falar com a vítima de 16 anos. Familiares pedem por justiça.

Leia também:

Suspensão de aulas em faculdades de João Pessoa e Cabedelo é solicitada por MPF e MPT

Vai doar sangue? Fique atento aos horários do Hemocentro em João Pessoa

Protocolo para visita aos cemitérios e celebrações é divulgado na Paraíba

PF cumpre mandados em nova fase da 'Operação Calvário'

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play