Paraíba

Representantes policiais rejeitam proposta do governo e declaram paralisação de atividades

De acordo com a Adepol, ​os representantes decidiram ficar acampados na Praça Três Poderes, no Centro de João Pessoa.

Publicado em 05/02/2020 17:30 Atualizado em 27/11/2020 00:54
logo
Por Redação Portal T5
Representantes policiais rejeitam proposta do governo e declaram paralisação de atividades

Foto: Divulgação

Representantes das polícias civil e militar da Paraíba declararam paralisação branca após reunião com o João Azevêdo (Cidadania) nesta quarta-feira (5). A categoria rejeitou a proposta de reajuste salarial feita pelo governo. 

De acordo com a assessoria da Associação dos Delegados da Polícia Civil da Paraíba (Adepol), os representantes decidiram ficar acampados na Praça Três Poderes, no Centro de João Pessoa. Foi decidida também, a princípio, a paralisação de 12h e depois de 24 horas. 

Steferson Gomes Nogueira, delegado e presidente da Adepol, afirmou que o poder executivo propôs uma incorporação de 30% da bolsa desempenho. Isso aconteceria a partir de 2021 até 2015, sendo 5% do ativo sobre ela. 

Ele resumiu que isso significaria um aumento de apenas R$ 5 para o agentes e o soldados. Na sequência, a classe realizou uma manifestação pelas ruas do centro da cidade.

O PortalT5 entrou em contato com a assessoria do governo mas até a publicação desta matéria, não obteve resposta. 

Veja mais: Paraibana que teve o primeiro caso confirmado de microcefalia completa 4 anos

Bancada de oposição ao governo da PB protocola pedido de impeachment de João Azevêdo

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play