Paraíba

​MEC contrata empresa investigada na Operação Calvário suspeita de pagar propina

Valor ilícito pode chegar a casa dos R$ 1,8 milhão.

Publicado em 06/03/2020 10:12 Atualizado em 26/11/2020 23:35
logo
Por Redação Portal T5
​MEC contrata empresa investigada na Operação Calvário suspeita de pagar propina

Ministro da Educação, Abraham Weintraub, e Karine Silva, presidente do FNDE
Ministro da Educação, Abraham Weintraub, e Karine Silva, presidente do FNDE Fotoframe: Reprodução / Internet

Uma

empresa investigada na Operação Calvário suspeita de envolvimento

no pagamento de propinas foi contratada pelo

Ministério da Educação para

fornecer kits escolares. A

operação investiga o suposto desvio de dinheiro nas áreas da saúde

e educação na Paraíba.

De

acordo com o Ministério Público (MPPB), pelo menos R$

1,8 milhão – valor

desviado de forma ilícita – teria sido transportado

em voos fretados.

Abraham

Weintraub, titular da pasta, publicou vídeos onde anunciou a entrega

dos kits. Confira um deles:

Segundo reportagem do Estadão, a contratação dos serviços por parte da Brink Mobil foi realizada mesmo com representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) sabendo da investigação.

Leia também:

+ Divulgada programação do São João de Campina Grande; veja as atrações

+ Polícia prende funcionária do Detran e despachantes irregulares em Campina Grande

+ Polícia encontra ossos humanos em carro após incêndio atingir depósito de banheiros químicos, em JP

+ Em Campina Grande, casal de noivos tem suspeita de coronavírus

+ Polícia prende funcionária do Detran e despachantes irregulares em Campina Grande

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play