Paraíba

Justiça mantém liberdade de adolescentes suspeitos de estupro em escola particular de JP

Em primeira instância, foi decretada a internação provisória de todos os acusados e, posteriormente, foram condenados pela 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de João Pessoa.

Publicado em 11/06/2020 10:37
logo
Por Redação Portal T5
Justiça mantém liberdade de adolescentes suspeitos de estupro em escola particular de JP

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, por maioria, negou o recurso do Ministério Público contra a decisão que absolveu um adolescente e colocou em liberdade outros três acusados de estupro dentro de uma escola particular, em João Pessoa. A decisão aconteceu nesta quinta-feira (11). 

Eles foram acusados de estuprar crianças dentro de uma escola particular, situada no bairro Tambaú, no início do ano passado. Em primeira instância, foi decretada a internação provisória de todos os acusados e, posteriormente, foram condenados pela 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de João Pessoa.

Os adolescentes recorreram e o Tribunal de Justiça da Paraíba absolveu um deles, pondo em liberdade os demais, gerando inconformismo do Ministério Público. A decisão cabe recurso.

O advogado dos acusados, Aécio Farias, declarou que não vai comentar o caso. 

Leia também:

Defensoria pede fim da lei que condiciona uso de banheiros ao sexo biológico nas escolas

UFPB e UFCG estão entre as 10 melhores instituições do NE

Farmácias recebem denúncias de mulheres vítimas de violência doméstica

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play