Polícia

Jovem pula de carro em movimento com medo de motorista de alternativo

Caso aconteceu nesse sábado (21) em Santa Rita. Vítima relatou que ficou com medo do motorista após ele desviar da rota combinada inicialmente e decidiu pular do carro depois que ele se recusou a pará-lo.

Publicado em 23/11/2020 10:12 Atualizado em 12/12/2020 02:10
logo
Por Redação Portal T5
Jovem pula de carro em movimento com medo de motorista de alternativo

Jovem se machuca após pular de carro em movimento
Jovem se machuca após pular de carro em movimento Foto: Arquivo Pessoal

Uma jovem de 18 anos

foi vítima de uma suposta importunação sexual na tarde do último

sábado (21), na cidade de Santa Rita.https://www.portalt5.com.br/busca?q=santa+rita De acordo com ela, o episódio

teria acontecido em um veículo que faz transporte alternativo. Ela

afirmou que a corrida seria de Santa Rita para João Pessoa, porém,

em um determinado trecho da viagem, o motorista teria dito que a

levaria antes para Várzea Nova. A vítima então questionou o

motorista o porquê da mudança de rota e solicitou que ele parasse o

veículo, mas os pedidos não foram atendidos. Foi neste momento, que ela decidiu pular do carro.

A vítima registrou um Boletim de Ocorrência na 6ª Delegacia Distrital. 

“Ele disse que não

iria para João Pessoa, aí eu comecei a pedir para ele parar o carro

que eu iria descer. Ele disse que não iria parar, ai eu comecei a

implorar para ele parar o carro e ele não quis. Foi quando eu decidi

pular. A sorte é que o carro não estava rápido, mas eu fiquei com

medo, você quer sair de um carro e a pessoa não quer deixar?”,

disse a vítima.

Após a queda, a

vítima ainda teve seu pé atropelado pelo pneu traseiro do veículo.

Neste momento, ela relata que o homem parou o carro e disse para que

ela entrasse de volta, que ele iria socorrê-la. Porém, ela afirmou

que estava com medo do que poderia acontecer.

“Ele falou no

video que ele desceu do carro para tentar me ajudar e eu não quis a

ajuda dele. Claro que eu não quis, eu pedi para sair do carro e ele

não quis, eu ia entrar no carro novamente dele para ele me ajudar?”,

relatou a vítima.

O vídeo ao qual ela

se refere, foi um gravado pelo suposto agressor e veiculado nas redes

sociais. No vídeo, ele nega que teria intenção de fazer algum mal

a ela e que falou que iria para Várzea Nova para pegar mais

passageiros. Ele nega ainda que seja um estuprador e que jamais fez

mal a ninguém.

Repercussão nas

redes sociais

O relato do episódio

também foi postado pela vítima em uma rede social. Na postagem, ela

narra o que aconteceu e mostra a foto do homem e do seu pé direito

machucado.

“O que mais me dói

é que nós mulheres não podemos andar em paz em lugar nenhum. Não

podemos nos sentir seguras em lugar algum. O medo que eu senti hoje

foi gigantesco e eu não desejo isto para ninguém”, postou.

Após as postagens,

a jovem recebeu várias mensagens. Em uma delas, uma outra mulher

afirma que também já teve um episódio parecido com o motorista.

Segundo ela, ele teria parado o carro em sua frente e se masturbado,

chamando-a para entrar no veículo. Ela diz ainda que ao pegar o

celular para filmar, o motorista foi embora.

Por outro lado, a

jovem do caso desse sábado, também recebeu várias mensagens

negativas, desacreditando do seu relato.

“Enviaram para mim

mensagens do tipo: “você está destruindo a vida de uma família”;

você não sabe do que está falando”; “você está mentindo”.

Muita gente dizendo que eu estava mentindo, que simplesmente me

joguei”, finalizou.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play