Política

João Azevêdo analisa declaração de Lula sobre desenvolvimento da Paraíba

João também falou sobre reeleição.

Publicado em 01/10/2021 11:59 Atualizado em 01/10/2021 12:43
logo
Por Redação Portal T5
João Azevêdo

João Azevêdo (Imagem: Secom / Gov PB)

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (1º), o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), falou sobre eleições, pandemia e outubro rosa – quando o governo do estado prevê ações de assistência às mulheres com câncer de mama. Destaque para a corrida eleitoral, onde há movimentações nos bastidores.

Segundo João, ele discutirá a candidatura à reeleição em outro momento, mas confirmou interesse. “Meu nome está posto há muito tempo. Já me coloquei na condição de pré-candidato à reeleição. Esteramos discutindo em momento oportuno”.

Questionado sobre a filiação do ex-governador e ex-aliado político Ricardo Coutinho ao Partido dos Trabalhadores, Azevêdo respondeu: “Essa é uma questão interna do PT. Eu não interfiro em nenhum partido político como antigamente acontecia aqui na Paraíba. Havia por parte do governo interferências dentro dos partidos. Não faço esse título de política. Essa é uma decisão do PT”.

Sobre a possibilidade de ser um ponto de apoio ou palanque pra Lula, João detalhou que “o PT faz parte do nosso governo, trabalha na secretaria de Agricultura Familiar, desenvolve um trabalho importante. Temos parcerias importantes. Vamos construir e o futuro logo dirá como será essa decisão”. “Você tem que perguntar isso à Lula”, exclamou.

Ele ainda completou o raciocínio alegando que não acompanhou uma suposta afirmação onde Lula vislumbrava a necessidade de crescimento da Paraíba.

“Confesso que não ouvi. Estava em São Paulo recebendo um prêmio. A Paraíba recebeu um prêmio, fruto do trabalho de professores e professoras desse estado que fez com que a Paraíba fosse reconhecida”. A premiação trata-se da plataforma Paraíba Educa, que foi vencedora da edição 2021 do Prêmio Excelência em Competitividade, na categoria Boas Práticas, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP).“Esse é o melhor projeto de educação na pandemia, um projeto da Paraíba. Não vi declaração, tem nem o que comentar. Talvez o presidente não foi informado dos benefícios. Talvez o presidente não saiba hoje que a Paraíba é o estado brasileiro que mais oferece serviços digitais, beneficiado e reconhecido nacionalmente pelo seu projeto de educação”, ampliou.

O gestor ainda pontuou que o estado chegará a marca de 10 bilhões em investimentos e avançará na tecnologia 4g. “A Paraíba é estado que gerou proporcionalmente mais empregos neste país”. “Isso deve ter sido uma frase dita no meio de uma solenidade política”.

Aproximação com Romero Rodrigues

Por fim, ele disse que o não veta conversa com quem quer que seja. “Converso com qualquer pessoa, política se faz através do diálogo, conversa. Não tenho problema nenhum com o ex-prefeito de Campina Grande, sento com qualquer pessoa que tenha interesse de melhorar a Paraíba”.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play