Esportes

Gabigol é detido em cassino clandestino com aglomeração

O evento, que reunia mais de 200 pessoas, foi encerrado na madrugada deste domingo (14)

Publicado em 14/03/2021 12:11 Atualizado em 14/03/2021 12:27
logo
Por Redação Portal T5
Gabigol é detido em cassino clandestino com aglomeração

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O jogador de Futebol Gabigol, foi detido pela polícia após ser flagrado em um cassino clandestino de luxo, na zona sul de São Paulo, na madrugada deste domingo (14). De acordo com informações, havia aglomeração no local com cerca de 200 pessoas.

O atacante do Flamengo foi flagrado escondido embaixo de uma mesa do cassino, segundo a polícia. Além dele, o cantor MC Gui também foi flagrado no evento.

O delegado Eduardo Brotero explicou o ocorrido: "Tivemos a informação através de uma força-tarefa montada pelo governo do estado com a Polícia Civil, Polícia Militar, Procon, Corpo de Bombeiros, vigilância sanitária e outros órgãos como a Guarda Civil Metropolitana de que no lugar haveria uma festa clandestina com aglomeração, que é o que combatemos. Ao chegarmos no local, para a nossa surpresa, não se tratava de uma festa clandestina, e sim de um cassino clandestino. Na verdade bastante grande. Com diversas pessoas aglomeradas, se expondo ao contágio novamente".

Ainda de acordo com o delegado, os dois "foram conduzidos, na verdade qualificados, por conta da pandemia já para prestar esclarecimento aqui na delegacia, e os funcionários e o responsável pelo local também devem responder por crime contra a saúde pública, jogo de azar e contravenção. Os demais serão ouvidos posteriormente porque senão a gente causaria outra aglomeração aqui".

Eduardo Brotero disse que a Polícia Civil "não pode analisar do ponto de vista individual. Para a polícia, a gente não trabalha com um nome. Eu não decido quem vai ser alvo da nossa repreensão. Para mim, todos são iguais ali e devem ser responsabilizados na medida das suas condutas, na medida do que fizeram. Na verdade é que o que causa espanto é que, novamente no meio de uma situação da humanidade, dessa pandemia, com gente morrendo, falta de leito no hospital, alguns desfrutam da vida como se nada tivesse acontecido", pontuou.


*Com informações do G1

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play