Paraíba

CGU fala de semelhanças entre Lava Jato e Calvário

Operação que investiga fraudes na Paraíba está na 12ª fase

Publicado em 04/02/2021 08:30 Atualizado em 04/02/2021 10:56
logo
Por Dennison Vasconcelos

Fraudes em contrato de licitações públicas são sempre semelhantes

Foi o que disse o superintendente da CGU (Controladoria-Geral da União), Severino Queiroz, quando questionado sobre a semelhança entre a Operação Calvário e a Lava Jato, que acontece em âmbito nacional e já está na 78ª fase. A entrevista foi concedida nesta quinta-feira (4), à rádio Jovem Pan João Pessoa. Ele afirmou que, mesmo com outro foco, “o modus operandi é sempre parecido, sempre se assemelha, com algumas inovações, mas sempre ligados à irregularidades, que acabam ligando um modelo um do outro”.

Ouça a entrevista completa 

A Calvário teve a 11ª e 12ª fases realizadas, conjuntamente, em quatro cidades da Paraíba, além dos estados de Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

Equipes policiais cumpriram mais de 30 mandados pelo Brasil (Foto: Verinho Paparazzo/RTC)

Carros de luxo e jet ski são apreendidos em nova fase da Operação Calvário

Nesta quinta, a 11° e a 12° fases da Operação Calvário foram deflagradas para investigar contratos para compra de livros, por parte das Secretarias de Educação do Estado, no ano de 2014, e do Município de João Pessoa, no ano de 2013, nos valores de R$ 4,4 milhões e R$ 1,5 mihão, respectivamente, sendo estimado um prejuízo ao erário, no montante de aproximadamente R$ 2,3 milhões, para pagamento de propinas a agentes públicos e políticos. Veja a reportagem completa

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play