Brasil

Cachorro diagnosticado com o novo coronavírus é sacrificado nos EUA

A decisão pela eutanásia do cão foi tomada por ele apresentar doenças crônicas pré-existentes.

Publicado em 21/07/2020 16:10 Atualizado em 26/11/2020 14:32
logo
Por Redação Portal T5
Cachorro diagnosticado com o novo coronavírus é sacrificado nos EUA

A Universidade Clemson informou que um cachorro diagnosticado com o novo coronavírus (Sars-CoV-2) foi sacrificado na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, na semana passada. O animal tinha entre 8 e 9 anos e não apresentava sintomas da Covid-19. A decisão pela eutanásia do cão foi tomada por ele apresentar doenças crônicas pré-existentes.

Segundo o médico veterinário Boyd Parr, diretor do departamento de Saúde Pecuária e Aves na Universidade Clemson, um outro profissional decidiu testar o cachorro — um cão pastor — após o dono ser diagnosticado com o novo coronavírus.

De acordo com o G1, até o momento, não há provas de que haja transmissão de animais domésticos para humanos ou que cães ou gatos possam desenvolver quadros da doença Covid-19. Porém, os veterinários que investigam o caso pedem cuidado entre os donos de bichos.

Veja também:

+ Artistas fazem homenagens a Pinto do Acordeon nas redes sociais

+ Jacaré é encontrado em frente a hipermercado, na Zona Sul de João Pessoa

+ Teve a conta do Auxílio Emergencial suspensa por suspeita de fraude? Saiba o que fazer

Siga o Instagram Facebook do Portal T5 e fique bem informado!

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play