Brasil

Após polêmica em rede de fast food, Mara Lima quer proibir banheiros unissex

A parlamentar, que também é cantora gospel, considerou banheiros unissex como "porta para o assédio"

Publicado em 23/11/2021 13:58 Atualizado em 23/11/2021 14:11
logo
Por Carlos Rocha
Após polêmica em rede de fast food, Mara Lima quer proibir banheiros unissex

Após polêmica em rede de fast food, Mara Lima quer proibir banheiros unissex (Foto: Reprodução/ ALPR)

Uma cantora gospel, que também é deputada estadual no Paraná apresentou um projeto que visa proibir banheiro unissex coletivo em estabelecimentos no estado. O projeto foi protocolado após uma polêmica em uma unidade de uma rede de restaurantes fast food na cidade de Bauru, interior de São Paulo. Um vídeo feito por uma moradora da cidade, indignada com a falta de exclusividade de gênero nos banheiros do local, viralizou na internet. A mulher chega a dizer, na gravação, que o restaurante seria comunista por adotar banheiros “multigênero”.

De acordo com o projeto de Mara Lima, “fica vedada a instalação de banheiros denominados unissex em repartições públicas e provadas, bem como em estabelecimentos comerciais do Estado do Paraná”. Outro trecho da proposta explica que um banheiro sem gênero é considerado aquele de uso comum, que não especifica nem o gênero masculino ou feminino.

A parlamentar usou suas redes sociais para dar detalhes sobre a proposta e sua expectativa sobre o tema. “Não é possível um banheiro unissex coletivo que vai ser usado por todos e todas sem restrição. E o cuidado com as nossas crianças, mulheres e adolescentes? Essa é uma porta que se abre para o abuso, pedofilia e assédio. Nós não podemos permitir um negócio desses”, disse.


icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play