Brasil

Alagoas chega a marca de 2.078 mortos

Com 625 nos registros, Alagoas chega 87.504 casos.

Publicado em 02/10/2020 13:01 Atualizado em 27/11/2020 00:57
logo
Por Redação Portal T5
Alagoas chega a marca de 2.078 mortos

carregando player...

var playerInstance376838 = jwplayer("audioPlayer376838");

playerInstance376838.setup({

file: "https://media.portalt5.com.br/audios/PODCAST-T5-02-10-20-v.mp3.mp3?mtime=20201002125820",

width: "100%",

height: 40

});

playerInstance376838.on('play',function(){

playOnlyOne('audioPlayer376838');

});

A Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual (RAVVS) atendeu 650 vítimas no último ano em Alagoas. Crianças e adolescentes são os mais atingidos. Em entrevista à TV Gazeta, nesta quinta-feira (1º), a coordenadora da rede, a psicóloga Camile Wanderley, explicou que, nos últimos três meses, a média de atendimentos a esses casos tem aumentado.

Um dos motivos para o aumento no número de casos contra crianças e adolescentes seria o isolamento social, que deixou as famílias confinadas e os casos aumentaram. Os dados se enquadram na previsão mundial realizada pela Organização Não Governamental (ONG) World Vision, que estimou, durante a pandemia da Covid-19, a ocorrência de até 85 milhões de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. O aumento comprova que, em sua maioria, eles ocorrem no ambiente familiar e são praticados por quem, em tese, teria o dever legal de proteger as vítimas, conforme estudos internacionais.

A coordenadora destacou ainda que com o retorno das atividades escolares, o número de subnotificação poderá aumentar. 

Crimes sexuais contra crianças e adolescentes podem ser denunciados pelo Disque 100, que funciona diariamente, 24h, inclusive nos sábados, domingos e feriados.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play