Paraíba, domingo, 21 de julho de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Turismo

Conheça os melhores destinos em João Pessoa para quem não curte praia

Separamos os melhores destinos da capital paraibana para quem quer ficar longe das areias.

Por Carlos Rocha

19h00 - Atualizado 14/12/2017 às 19h03

Quando se fala em feriado a pergunta que vem na ente de muitas pessoas é: "Será que vai dar praia?". No entanto, nem sempre o sinônimo de feriado é praia. Sim, existem pessoas que não curtem muito a combinação, mar, areia e sol.

Para essas pessoas, as capitais nordestinas nem sempre são o primeiro destino que pensam na hora de colocar o pé na estrada. Pensando nisso, nós do Portal T5, separamos os melhores destinos da capital paraibana para quem quer ficar longe das areias.

Estação Cabo Branco

Um complexo que foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inaugurada no dia 03 de julho de 2008. O complexo possui mais de 8.500m² de área construída no bairro do Altiplano Cabo Branco. A Estação tem a missão de levar cultura, arte, ciência e tecnologia à população de forma gratuita. A Estação Cabo Branco recebeu esse nome por meio de votação popular. Horário de funcionamento: Terça à sexta-feira – 9h às 18h. Sábados, domingos e feriados – 10h às 19h.

Casa da Pólvora

Além de ser um símbolo do esforço colonizador português no Brasil, a Casa da Pólvora constitui um marco histórico, que guarnece em seus traços seiscentistas uma visita ao passado. Incorporou-se em definitivo à paisagem de João Pessoa como referência de um tempo de afirmação cultural que solidificou a identidade do povo paraibano, hoje integrando a rota dos destinos turísticos. Símbolo de um tempo em que a cidade se resumia à parte alta, detém uma das vistas mais impressionantes para o estuário do Rio Paraíba, berço da cidade.

Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima

O Centro de Convenções de João Pessoa foi projetado para ser um dos mais modernos do país, com todos os equipamentos necessários para realização de grandes projetos. Sua estrutura é composta por 4 prédios principais: a Torre do Mirante, o Pavilhão de Feiras e Exposições, o Pavilhão de Congressos e Convençõese o Teatro Pedra do Reino.

Buscando inserir ainda mais o Estado da Paraíba no contexto do Turismo de Negócios, o Centro de Convenções de João Pessoa, que tem uma área total construída de 48.676m2, tem capacidade para receber eventos empresariais, como feiras de exposições, simpósios e congressos, além de grandes espetáculos, como peças teatrais e concertos.

Academia Paraibana de Letras

A Academia Paraibana de Letras é filiada à Federação das Academias de Letras do Brasil, e reconhecida de utilidade pública, entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Esse reconhecimento se deu pela Lei Municipal n.º 39, de 23.08.1948.

Tem a sua biblioteca registrada no Instituto Nacional do Livro (INL), com o nome de Biblioteca Álvaro de Carvalho.

Desde a sua fundação, a entidade já foi dirigida por 11 presidentes.

A Academia é um centro ativo, vivo e dinâmico, estuante de entusiasmo.

Farol do Cabo Branco

O Farol do Cabo Branco localiza-se sobre uma falésia na praia de Cabo Branco em João Pessoa, capital do estado brasileiro da Paraíba. A construção situa-se cerca de 800 metros ao norte da Ponta do Seixas, o ponto mais oriental do Brasil continental. O farol, que tem uma forma triangular única no país, é um dos mais importantes e visitados cartões postais da capital paraibana.

Casa do Artista Popular

A Casa do Artista Popular tem a finalidade de reunir o acervo representativo do artesanato e da arte popular paraibana, promovendo a efetiva integração da atividade artesanal à atividade turística, contribuindo para a preservação das atividades artesanais, que guardam traços da história, das crenças, dos costumes e das tradições sócio-culturais da Paraíba.

A Casa do Artista Popular, situada à rua D. Pedro I, Praça da Independência nº 56, abriga ainda a Curadoria do Artesanato e espaços destinados à Comercialização dos produtos artesanais e da gastronomia paraibana.

O Acervo é composto de mais de 1000 peças, representando todo o artesanato genuíno da Paraíba, de 09 tipologias: barro, madeira, fibras, fios, pedras, metais, couro, artesanato indígena e material reciclado.

Mercado de Artesanato da Paraíba

O Mercado de Artesanato da Paraíba (MAP) é formado por um prédio, com dois pavimentos, e possui mais de 120 lojas que comercializam o artesanato da região. Está localizado na Avenida Senador Rui Carneiro, Tambaú.

Na hora de escolher as lembranças da Paraíba que serão levadas para a casa, vale apostar nas peças do artesanato típico da região, grande parte produzida no interior do estado.

Uma variedade de redes estampadas, imagens de santos em estopa, cangaceiros em argila, jóias com conchas, bordados em renda... todas reunidas em um só lugar.

Parque Zoobotânico Arruda Câmara

O Parque Zoobotânico Arruda Câmara, fundado em 24 de Dezembro de 1922, é uma das principais opções de lazer e entretenimento do município de João Pessoa. A Bica, como é carinhosamente chamada pela população, é um ambiente ideal para a contemplação da natureza. Possui um zoológico com um plantel de 92 espécies e mais de 500 animais que são mantidos de acordo com as normas em recintos bem projetados e adequados para o bem-estar dos mesmos. A vegetação é um resquício de Mata Atlântica onde se pode observar espécies raras como o jacarandá (Mimosaefolia) jequitibá (Cariniana estrellensis), oiticica( Licania rígida), Castanheira-do-maranhão (Pachira aquática) dentre outras.

O Parque possui ainda área de lazer com playground, quiosques, pedalinhos, quadriciclos e passeio de trenzinho para as crianças. O projeto de requalificação disponibiliza equipamentos modernos proporcionando interação entre público visitante e os animais.Também é permitido passear dentro do recinto e contemplar de perto as belezas naturais das espécies preservadas.

Parque da Lagoa

"Cartão-postal" de João Pessoa, o Parque da Lagoa Solon de Lucena oferece lazer e segurança à população da cidade e aos turistas que visitam a Capital paraibana. São 35 mil metros quadrados de passeios pavimentados e ligados às quatro entradas do Parque, que tem segurança 24 horas e 553 pontos de iluminação, sendo 262 refletores de lâmpadas a LED.

O local conta com 12 praças, ciclovia, pista de cooper, pista de skate com padrão internacional, área para esportes radicais, com slackline, parede de escalada e um deck disponível gratuitamente para festas e eventos.

Além disso, são 14 quiosques divididos em sete baterias, todas com banheiros públicos e um posto policial para a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar.

O verde também é uma das marcas do Parque da Lagoa, que tem 215 Palmeiras e outras 738 árvores nativas (Pau-Brasil, Sibipiruna, Gameleiras, Oitizeiros, Pitombeiras, Ipês amarelos, róseos e roxos) e exóticas (Ficus macrocarpa, Castanholas, Cássea Ferruginha).

Espaço Cultural José Lins do Rêgo

O Espaço Cultural José Lins do Rego é um centro de convenções localizado no bairro de Tambauzinho em João Pessoa.

Sede da Fundação Espaço Cultural da Paraíba – FUNESC, o prédio com capacidade para 15 mil pessoas possui uma ampla e diversificada área interna, com dois teatros, cinema, galeria de arte, planetário, auditórios, salas de apoio, mezaninos para exposições e ainda um museu, o Museu José Lins do Rego, que conta com objetos pessoais e biblioteca do autor.

Sua inauguração data de 1982 e é obra do arquiteto Sérgio Bernardes.