Paraíba

Vigilância Sanitária fiscaliza bares e restaurantes que permitem entrada de animais em JP

As equipes irão verificar se os animais estão circulando na área do estabelecimento onde é servida a alimentação para os clientes

Publicado em 17/02/2021 18:45 Atualizado em 17/02/2021 19:04
logo
Por Carlos Rocha
Vigilância Sanitária fiscaliza bares e restaurantes que permitem entrada de animais em JP

A Vigilância Sanitária de João Pessoa inicia nesta quinta-feira (18) uma ação de fiscalização em bares e restaurantes que permitem a entrada de animais. As equipes irão verificar se os animais estão circulando na área do estabelecimento onde é servida a alimentação para os clientes.

De acordo com a gerente de Vigilância Sanitária, Renata Albuquerque, a ação partiu de uma denúncia recebida de uma cliente que teria encontrado pelos de animal em seu prato num restaurante da Capital. “Uma equipe foi até o local e constatou que os animais estavam circulando na área em que é servida a comida. Então, foi proibida a entrada dos animais”, afirmou.

Ainda segundo a gerente de Vigilância Sanitária, é proibida a entrada ou permanência de animais em locais ou estabelecimentos onde se manipulem, preparem, vendam ou fabriquem produtos alimentícios, para não correr o risco de contaminar os alimentos e, consequentemente, colocar em risco a saúde dos consumidores. “O ideal é que o bar ou restaurante tenha uma área reservada para os animais, com um funcionário que faça a limpeza específica desse local”, explicou.

Os outros bares e restaurantes que estiverem recebendo animais também deverão proibir a entrada dos pets. A proibição está baseada na Resolução RDC nº 216/2004, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a qual dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação, com exceção para a pessoa com deficiência visual, que pode ingressar e permanecer em ambientes de uso coletivo acompanhado de cão-guia.

Leia também:

Paraíba registra 1.014 novos casos de Covid-19 e 16 óbitos nesta quarta (17)

Açude Boqueirão recebe quase 5 milhões de metros cúbicos de água, diz AESA

"Toda sua", diz Patricia ao passar a coroa de maior rejeição para Nego Di

Covid: PMPJ pode regredir na flexibilização após aumento de casos, diz secretário

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play