Paraíba

Vídeo flagra confusão após homem se masturbar para funcionário de loja na PB

Uma funcionária do Home Center afirmou que o homem era visto frequentemente no banheiro do Home Center, que fica em João Pessoa

Publicado em 23/07/2021 18:15 Atualizado em 24/07/2021 18:48
logo
Por Carlos Rocha
Vídeo flagra confusão após homem se masturbar para funcionário de loja na PB

Vídeo flagra confusão após homem se masturbar para funcionário de loja na PB (Foto: Reprodução)

Uma discussão precisou ser contida por seguranças de um Home Center, na Zona Sul de João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (23). De acordo com informações de pessoas que estavam no local, um homem estava se masturbando e teria tentado filmar as partes íntimas de um funcionário da loja no banheiro do estabelecimento.

Incomodado com a suposta tentativa de importunação sexual, o homem foi tirar satisfação e iniciou-se uma confusão que precisou ser contida por outros funcionários e seguranças.

Agitado, o funcionário da loja que fez a acusação foi levado para fora do local, assim como o suposto assediador. Pessoas que estavam na fila de uma casa lotérica instalada dentro do estabelecimento chegaram a registrar imagens da confusão. O conteúdo viralizou nas redes sociais.

Uma funcionária do Home Center afirmou que o homem era visto frequentemente no banheiro do local. “Esse homem já estava sendo observado porque essa não é a primeira vez que ele vem e pratica o mesmo ato. Hoje, quando o funcionário viu que o homem estava se masturbando para ele, o rapaz deu um soco nele”, relatou.

O ato de se masturbar em um local público, mesmo que seja um banheiro, é considerado ato obceno. Segundo o artigo 233 do código penal, pessoas que são flagradas cometendo esse tipo de ação podem ser condenadas a três anos de prisão.

Posicionamento da empresa

Em nota, a Carajás Home Center lamentou profundamente o ocorrido e informou que repudia condutas de importunação sexual.

Sobre o caso que aconteceu nesta sexta-feira (23), no banheiro da unidade de João Pessoa, a empresa informa que está prestando apoio à vítima e já foram adotadas as providências cabíveis junto às autoridades policiais.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play