Televisão

Vencedor gay do Masterchef teve medo de ser morto pelo pai após se assumir

O irlandês viveu momentos de tensão ao se assumir gay para o pai

Publicado em 03/08/2020 08:58 Atualizado em 26/11/2020 10:48
logo
Por Redação Portal T5

Vencedor do MasterchefReino Unido, edição 2020, Riyad Khalaf viveu momentos de tensão ao compartilhar com seu pai sua orientação sexual: ele pensou que o pai poderia mata-lo após descobrir que ele é gay.

“Eu não sabia se seria expulso e viraria um sem-teto, ou se meu pai tentaria me matar alegando crime de honra”, revelou Riyad a um podcast americano.

+ Após perder pais de forma violenta, astro do Masterchef descobre tumor raro

De acordo com o ex-participante do programa, ele e seu pai eram inseparáveis até seus 15 anos, mas depois, as coisas foram mudando. Após contar para a mãe que era gay, Riyad decidiu falar para o pai e entregou um bilhete quando tinha 16 anos, que dizia “eu sou gay”.

Seu pai, então, procurou o conselho de familiares para lidar com a situação, mas os parentes da Síria orientaram que o chefe de cozinha fosse para um centro de ‘cura gay’.  Convencido pela esposa a não escutar a ‘recomendação’, o homem decidiu ouvir pessoas que também tinham filhos gays e soube lidar melhor com a situação.

+ Em vídeo novo, Whindersson faz piada com polêmica envolvendo ex: "Não me traga flores"

Atualmente, Riyad e o pai são muito próximos e chegou a escrever um capítulo no livro do cozinheiro sobre como lidar  com um filho gay. 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play