Esportes

Velório de Maradona na Casa Rosada tem transmissão e milhares de fãs

O espaço externo e as ruas de Buenos Aires estão cheios de pessoas prestando homenagens ao eterno 10

Publicado em 26/11/2020 08:17 Atualizado em 03/05/2021 14:33
logo
Por Redação Portal T5

Começou por volta das 6h (horário de Brasília) desta quinta-feira (26), na Casa Rosada, sede do governo argentino na capital Buenos Aires, o velório do corpo de Diego Maradona, que morreu ontem após parada cardiorrespiratória. 

Houve empurra-empurra no momento da abertura, mas a confusão foi logo controlada e os fãs começaram a entrar aos poucos no local para se despedir de Maradona.

A entrada da Casa Rosada foi adaptada para que até 400 pessoas passem por minuto pelos corredores montados ao redor do caixão de Maradona. 

O velório com a participação do grande público deve seguir até as 16h desta quinta-feira (26), de acordo com comunicado do governo argentino. A televisão argentina está transmitindo ao vivo a última despedida ao craque.

O presidente Alberto Fernández, torcedor do Argentinos Juniors, time que revelou Maradona na década de 1970, decretou luto nacional de três dias.

Na Itália, o  prefeito de Nápoles, Luigi de Magistris, anunciou uma grande homenagem ao ex-jogador. O político usou as redes sociais para informar que o estádio San Paolo, casa do Napoli, passará a ser chamado de Diego Armando Maradona, considerado o maior ídolo da história do clube italiano.

Maradona chegou ao Napoli em 1984, após uma passagem de dois anos no Barcelona, onde chegou como contratação mais cara da história. No time italiano, viveu o auge de sua carreira e logo se transformou em ídolo da torcida. Magistris relembrou os sete anos de passagem do jogador no clube e ressaltou que "[Diego] resgatou Nápoles com sua genialidade".

SBT News


icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play