Paraíba

Usando documentos de policial, trio do RN é preso em shopping de João Pessoa

O trio foi surpreendido tentando fazer compras utilizando a documentação clonada

Publicado em 02/06/2021 20:00
logo
Por Carlos Rocha
Usando documentos de policial, trio do RN é preso em shopping de João Pessoa

Um trio foi preso, no final da tarde desta quarta-feira (2), após tentar realizar compras em um shopping no bairro de Manaíra, em João Pessoa, utilizando documentos clonados de um policial. Uma equipe da Companhia Especializada de Apoio ao Turista (Ceatur) foi chamada e os três foram encaminhados para a Central de Polícia de João Pessoa, no bairro do Geisel.

Os suspeitos não possuem passagem pela polícia, mas apresentaram documentos falsos ao tentarem fazer compras. Por conta disso, eles podem responder por estelionato, falsificação de documento público e falsidade ideológica. O comandante da Ceatur, major Bruno, deu detalhes sobre o caso.

"Fomos informados de que teriam, em uma das lojas no Shopping lá no bairro de Manaíra, alguns jovens tentando realizar compras possivelmente com documentos falsos. Fizemos diligências e conseguimos deter os três ainda lá na loja. Foi nos repassado os documentos que os mesmos tinham apresentado lá nessa loja. Eles tinham comprado ontem e retornaram hoje para comprar novamente. Foi feita uma consulta, uma verificação de documentos e foi comprovado que se tratava de um documento falsificado. É inclusive um documento de um policial federal", disse.

"Aparentemente eles já vinham há algum tempo praticando esse tipo de golpe, tanto aqui quanto lá em Natal, realizando empréstimos e compras. Um deles, possivelmente, tem até uma loja virtual para vender esses materiais e produtos que comprava de forma ilícita. Localizamos também alguns cartões com indícios de serem usados para essa compra, alguns tipos de cartões e identidades falsas de posse dos mesmos. O dono da documentação já foi acionado e informou que há pouco tempo tinha sido feito um empréstimo no nome dele", finalizou.

O major informou que o polical deve ser ouvido no procedimento que vai ser instaurado na central de flagrantes.

Leia também:

João Pessoa mantém provas de concurso para este domingo (6) e dia 13

Campina Grande terá 50% da frota de ônibus circulando nesta quinta (3)

Paraíba tem mais de 335 mil casos confirmados de Covid

JP vacina pessoas acima de 55 anos sem comorbidades nesta quinta (3)

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play