Paraíba

Tomei vacina vencida, o que fazer? Especialista explica

A professora Tatjana Keesen, imunologista coordenadora do laboratório de imunologia das doenças infecciosas do Centro de Biotecnologia da UFPB, em entrevista ao Portal T5, falou sobre os procedimentos quando algo dessa natureza acontece

Publicado em 02/07/2021 18:30 Atualizado em 02/07/2021 23:50
logo
Por Carlos Rocha
Tomei vacina vencida, o que fazer? Especialista explica

Tomei vacina vencida, o que fazer? Especialista explica (Foto: Reprodução/ YouTube - SBT Jornalismo)

Pelo menos 1.532 cidades brasileiras aplicaram doses vencidas de vacinas contra a Covid-19. O levantamento foi feito pela Folha de S.Paulo e mostra que na Paraíba mais de 250 pessoas receberam o imunizante fora do prazo de validade.

Ao Portal T5, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) explicou que a recomendação é que as pessoas que tenham recebido essas doses da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 vencidas tomem a segunda parte da imunização, seguindo a data marcada no cartão de vacinação.

As prefeituras de João Pessoa e Campina Grande afirmaram que os lotes aplicados nesses municípios não fazem parte dos apontados como vencidos.

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, disse que o entendimento da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) é de que haja a aplicação da vacina novamente. Porém, ainda segundo ele, o Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19 não tem um posicionamento definitivo sobre o assunto. 

A professora Tatjana Keesen, imunologista coordenadora do laboratório de imunologia das doenças infecciosas do Centro de Biotecnologia da UFPB, em entrevista ao Portal T5, falou sobre os procedimentos quando algo dessa natureza acontece.

 "O primeiro de tudo é apurar se realmente esses imunizantes foram aplicados fora do prazo de validade. O ideal é que essas pessoas que receberam essas doses fossem revacinadas e o ideal é que fosse com a mesma vacina, porque se mesmo vencida a vacina fez efeito a pessoa vai estar resguardada tomando o mesmo tipo de vacina, do mesmo fabricante. Isso pode até potencializar a resposta imune dela", disse.

"Após isso o ideal é que se siga o protocolo de segunda dose, como é AstraZeneca, após 90 dias essa pessoa toma a terceira dose, porque ela já tomou uma dose que pode ter sido uma dose vencida, vai ser imunizada novamente e depois de 90 dias receber o reforço. Se for comprovado realmente que foram aplicadas doses vencidas, só precisa se vacinar de novo, com a mesma vacina", explicou

Leia também:

João Pessoa e Campina Grande dizem que não aplicaram vacinas vencidas

Esposa do pastor Samuel Mariano se pronuncia após suposta traição

Nu frontal em série da Netflix chama atenção por ‘grande’ detalhe

Saúde publica edital de concurso com mais de 4 mil vagas neste sábado (3)

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play