Paraíba

Tartarugas de espécie rara nascem na praia de Ponta de Campina, na PB

O nascimento foi monitorado pela Organização Não Governamental (ONG) Tartarugas Urbanas Guajiru

Publicado em 18/06/2019 14:06 Atualizado em 18/11/2020 18:51
logo
Por Redação Portal T5
Tartarugas de espécie rara nascem na praia de Ponta de Campina, na PB

Foto: Divulgação/ONG Tartarugas Urbanas Guajiru

Lepidochelys olivacea, esse nome esquisito é o que denomina a tartaruga-oliva. Apesar de rara, mais de 60 tartaruguinhas nasceram na tarde de ontem (segunda-feira, 17), na praia de Ponta de Campina, em Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa. O nascimento foi monitorado pela Organização Não Governamental (ONG) Tartarugas Urbanas Guajiru.

O processo de nascimento dos animais é chamado de "cesariana de areia". Rita Mascarenhas, fundadora da ONG, explicou que os ninhos são abertos no período da tarde para que o nascimento ocorre e que as tartarugas sigam para o mar.

De acordo com Rita, o processo natural é que os animais nasçam durante a noite e sejam guiados pela luz da lua até o mar, no entanto, em um ambiente urbano, a tendência é que a luz artificial atraia as tartaruguinhas e elas acabem  morrendo nas ruas.

De acordo com a ONG Guajiru, em 17 anos, apenas nove nascimentos de tartaruga-oliva foram realizados. A espécie é comum no Brasil, mas há dificuldade de encontrá-la no litoral da Paraíba.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play