Paraíba

Suspeito de matar companheiro se entrega e suposta traição pode ter motivado o crime

Vítima foi morta com ao menos 20 facadas.

Publicado em 14/06/2021 16:59 Atualizado em 14/06/2021 17:35
logo
Por Redação Portal T5
João Victor Almeida, 23 anos, foi assassinado

João Victor Almeida, 23 anos, foi assassinado (Imagem: Reprodução)

Se apresentou à polícia no início da tarde desta segunda-feira (14), em Campina Grande, no Agreste da Paraíba, o homem suspeito de assassinar o companheiro, de apenas 22 anos, a facadas. O crime foi registrado no dia 6 de junho, dentro do apartamento onde a vítima identificada como João Victor morava, no Centro da cidade.

No dia, vizinhos relataram ter ouvido uma discussão que foi seguida de gritos e alguém batendo a porta com força. Ao menos 20 facadas foram desferidas contra o jovem.

Imagens do circuito de segurança no entorno do local onde o crime aconteceu mostram o momento em que o suspeito desce as escadas do condomínio.

O suspeito se apresentou acompanhado de um advogado. De acordo com a defesa, o crime pode ter tido como motivação a descoberta de uma suposta traição. "Houve a apresentação, foi colhido o depoimento dele", disse. Houve também a descoberta de uma possível traição. Aparentemente o que dá pra perceber é um crime passional", destacou.

Ainda no dia do caso, o delegado Francisco de Assis, responsável pelas investigações, disse ao Portal T5 que ouviu vizinhos da vítima horas depois do assassinato. Uma das moradoras do prédio residencial da Rua Luís Soares, no Centro, disse à polícia que o vizinho do terceiro andar já havia relatado problemas com o relacionamento. O desabafo ocorreu duas semanas antes do crime.

Confira imagens da chegada do suspeito e depoimento do advogado

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play