Geral

STF revê decisão sobre prisão de Roberto Santiago

Empresário foi detido em 2019 pela Polícia Federal, em João Pessoa

Publicado em 15/09/2021 14:51
logo
Por Redação Portal T5
Roberto durante depoimento após prisão em 2019.

Roberto durante depoimento após prisão em 2019. (Foto: TV Tambaú/Reprodução)

A prisão do empresário Roberto Santiago, ocorrida em maio de 2019 pela Operação Xeque-Mate, foi considerada ilegal pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O ministro Edson Fachin acredita que a prisão preventiva só poderia ser decretada se tivesse sido baseada em fatos concretos apesar da gravidade supostos crimes. O entendimento é semelhante ao do ministro Dias Tófolli, que revogou a prisão de Roberto, em julho de 2019.

Roberto Santiago é acusado de financiar a 'compra' do mandato do ex-prefeito Luceninha, em 2013, no município de Cabedelo, para beneficiar o então vice, Leto Viana.

Veja mais:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play