Brasil

STF declara que Moro foi parcial ao condenar Lula, por 3 votos a 2

Com a decisão, processo do triplex terá de reiniciar da estaca zero. Condenação do ex-presidente já tinha sido anulada por decisão do ministro Edson Fachin.

Publicado em 23/03/2021 20:00 Atualizado em 23/03/2021 20:07
logo
Por Carlos Rocha
STF declara que Moro foi parcial ao condenar Lula, por 3 votos a 2

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal declarou, por 3 votos a 2, em julgamento nesta terça-feira (23) que houve parcialidade por parte do ex-juiz federal Sergio Moro em condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá.

Apontando a incompetência da Justiça Federal do Paraná para analisar os processos de Lula, o ministro Edson Fachin anulou a sentença que condenava o petista e tornou sem efeito as condenações pela Operação Lava Jato de Curitiba.

Com a decisão desta terça, a Segunda Turma anulou todo o processo do triplex, que precisará ser retomado da estaca zero pelos investigadores. Para o ministro Edson Fachin, vencido no julgamento, a decisão poderá levar à anulação de todas as sentenças proferidas por Moro na Operação Lava Jato.

Leia também:

Justiça manda prender policiais de Sergipe suspeitos de envolvimento na morte de paraibano

João Pessoa continua vacinando idosos com 64 anos ou mais nesta quarta (24)

Na Paraíba, mulher de 116 anos se emociona ao receber vacina contra a Covid-19

Preço do ovo de Páscoa tem variação de mais de 60% em João Pessoa

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar