Paraíba

Sindalcool disponibiliza álcool a 70% para a Secretaria de Estado da Saúde

O presidente da entidade, Edmundo Coelho Barbosa, reforçou a importância do uso do álcool

Publicado em 20/03/2020 21:38 Atualizado em 26/11/2020 22:49
logo
Por Redação Portal T5
Sindalcool disponibiliza álcool a 70% para a Secretaria de Estado da Saúde

Sindalcool, entidade patronal das empresas produtoras de Álcool, Açúcar e Eletricidade na Paraíba, apresentou nesta sexta-feira (20), por meio de ofício, solidariedade das empresas associadas em relação à crise decorrente do coronavírus disponibilizando álcool a 70% para a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O presidente da entidade, Edmundo Coelho Barbosa, reforçou a importância do uso do álcool, que tem efeito microbiano, matando bactérias e vírus quando está acima de 70%. “Neste momento, a higienização na rede de saúde e nas residências se faz urgente. Na Paraíba, se produz o melhor álcool para fins sanitários a partir da cana de açúcar. O mesmo produto que abastece os veículos e evita a poluição pode ser usado para prevenir e deter a pandemia”, explicou o presidente do Sindalcool.

As empresas associadas ao Sindalcool dispõem de álcool a 70%, indicado para serviços de saúde. O produto passou a ter venda liberada diante do desabastecimento no mercado. “Renovamos o apoio ao Comitê Estratégico instituído pelo Governo do Estado e nossas empresas em operação oferecem seus respectivos ambulatórios para sediar postos avançados de vacinação contra a gripe. Podemos colaborar também, se necessário, para a produção de álcool em gel no Laboratório Farmacêutico do Estado, com as devidas orientações técnicas”, informou Edmundo Coelho Barbosa.

Veja também:

+ Confira o Top 10 das provas de resistência mais longas da história do BBB

+ Polícia faz alerta a moradores e turistas ao flagrar Feirinha de Tambaú cheia; veja

+ Aplausos a profissionais de saúde são registrados em bairros João Pessoa; veja

O presidente afirmou, ainda, que o produto poderá ser retirado por transportador autorizado pelo Comitê de Gestão de Crise do Governo do Estado a partir da próxima semana em cada uma das usinas relacionadas pelo Sindalcool. 

“As embalagens a serem fornecidas pelo Comitê poderão ser de volume mínimo de 20 litros em polipropileno usadas habitualmente para água, deverão estar limpas e isentas de qualquer outra substância ou poeira. Deverão ser dotadas de tampa plástica. O Álcool 70 INPM é inerte e não reage com o material plástico polipropileno e também com o PET. Podem ser usadas também bombonas de 50 litros e até containers de 1000 litros”, explicou Edmundo.

Uso do álcool – Vale lembrar que a recomendação é que o álcool a 70% seja utilizado nos serviços de saúde ou quando o indivíduo está fora de casa, impossibilitado de fazer a higienização das mãos com água e sabão. A lavagem correta das mãos é eficaz para prevenir que o vírus se espalhe.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play