Paraíba

Secretaria de Saúde acompanha grávidas que tomaram vacina Astrazeneca suspensa pela Anvisa

A Anvisa recomendou a suspensão da aplicação do imunizante a gestantes.

Publicado em 11/05/2021 09:43 Atualizado em 11/05/2021 15:52
logo
Por Redação Portal T5
Secretaria de Saúde acompanha grávidas que tomaram vacina Astrazeneca suspensa pela Anvisa

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou nesta terça-feira (11) o monitoramento das grávidas na Paraíba que tomaram doses da vacina Astrazeneca, após a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar a suspensão da aplicação do imunizante a esse grupo.

Segundo o secretário Geraldo Medeiros, a SES monitora todos os eventos adversos que possam ocorrer às pessoas imunizadas. "Cabem aos municípios, quando há algum evento adverso, notificar o Ministério da Saúde. Aquelas gestantes e puérperas que já se vacinaram com a Astrazeneca podem ficar tranquilas porque eventos adversos deste tipo são rarísismos.", disse.

De acordo com o calendário de vacinação da Prefeitura de João Pessoa, no dia 30 de abril, mulheres gestantes ou puérperas com comorbidades estavam no grupo indicado para a vacinação com doses de Astrazeneca. O Portal T5 tentou contato com a Vigilância em Saúde da capital, mas não houve resposta até a publicação desta matéria.

Apesar de não haver nenhum relato de evento adverso envolvendo grávidas no Brasil que receberam doses do imunizante, a Anvisa diz que a recomendação é que seja "seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) a indicação da bula da vacina AstraZeneca e que a orientação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid em uso no país".

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play