Geral

Saiba por que a Petrobras prevê risco de desabastecimento do gás de cozinha

O presidente da estatal, Roberto Castello Branco, afirmou que em um cenário hipotético de aumento da importação, “não há infraestrutura de distribuição no país”,

Publicado em 20/04/2020 18:20 Atualizado em 26/11/2020 21:27
logo
Por Redação Portal T5
Saiba por que a Petrobras prevê risco de desabastecimento do gás de cozinha

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que existe o risco de desabastecimento de gás liquefeito de petróleo (GLP), que é usado na produção do gás de cozinha, caso ocorra aumento do imposto sobre a gasolina para salvar a indústria do etanol. 

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) publicou uma carta solicitando apoio ao governo a fim de evitar um “colapso” do setor sucroenergético, devido a forte queda dos preços do petróleo no mercado internacional, o que torna a gasolina mais competitiva nos postos de combustíveis. 

De acordo com o presidente Roberto, aumentar a Cide sobre a gasolina levaria à diminuição da demanda, o que obrigaria a companhia a ajustar a oferta. Entretanto, o GLP entra na mesma fase de produção da gasolina, por isso, quando o volume de um é reduzido, o do outro também é.

Castello Branco ressaltou também que, em um cenário hipotético de aumento da importação, “não há infraestrutura de distribuição no país”, porque principalmente os portos não estariam preparados.

Com informações da EXAME

Leia também: 

Decisão judicial suspende decreto que restringia entrada de turistas em Conde, PB

Hospital Solidário em João Pessoa está pronto para atender pacientes com o novo coronavírus, diz SES

Segundo a Secretaria de Saúde da Paraíba (SES-PB) o estado tem 33 mortes e 263 casos de Covid-19 confirmados

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play