Polícia

Saiba como foi a noite dos presos investigados na Operação Calvário na Paraíba

Ainda na terça, os presos receberam colchões e objetos de higiene pessoal

Publicado em 18/12/2019 07:32 Atualizado em 27/11/2020 02:52
logo
Por Redação Portal T5
Saiba como foi a noite dos presos investigados na Operação Calvário na Paraíba

Foto: Arquivo/Vitor Feitosa/Portal T5

Celas de quatro metros quadrados, na Central de Polícia de João Pessoa, foram oferecidas para cada um dos nove presos na Operação Calvário, nessa terça-feira (17). Além dos detidos na Paraíba, ordens de prisão também foram cumpridas no Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Paraná. 

Ainda na terça, os presos receberam colchões e objetos de higiene pessoal dos parentes até as 20h. Os advogados dos investigados fizeram visitas até as 22h. Procedimentos incomuns, segundo servidores da Central de Polícia informaram à reportagem da TV Tambaú

Nesta quarta-feira (18), os detidos devem tomar café da manhã, às 8h, antes de serem encaminhados à audiência de custódia, às 10h.

Estão na Central de Polícia: Estelizabel Bezerra de Souza (deputada estadual - PSB), Márcia de Figueiredo Lucena Lira (prefeita do Conde - PSB), Waldson Dias de Souza (ex-secretário de Saúde e de Planejamento, Orçamento e Gestão), Gilberto Carneiro da Gama (ex-procurador geral do Estado), Coriolano Coutinho (irmão de Ricardo Coutinho), Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas, Francisco das Chagas Ferreira, Márcio Nogueira Vignoli e Vladimir dos Santos Neiva. 

Soltura de Estela 

A deputada deve deixar a Central de Polícia ainda nesta quarta-feira (18), após votação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), na noite dessa terça-feira (17). Além da parlamentar, os outros oito presos na Operação Calvário na Paraíba passaram a noite da carceragem da delegacia. 

A decisão dos parlamentares paraibanos foi possível desde o entendimento do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), em maio deste ano, quando decidiu que as Assembleias Legislativas podem revogar ordens de prisão e medidas cautelares (como afastamento de mandato) decretadas contra deputados estaduais.

Exonerações 

O governador João Azevêdo decidiu exonerar Cláudia Luciana de Sousa Mascena Veras do cargo, em comissão, de Secretário Executivo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento e da Articulação Municipal. Ela foi presa na manhã dessa terça-feira.

Também foi exonerado José Edvaldo Rosas do cargo, em comissão, de Secretário Chefe do Governo. A Polícia Federal cumpriu uma ordem judicial de busca e apreensão contra ele. 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play