Polícia

Quatro mulheres são assassinadas em menos de 48 horas na Paraíba

Crimes aconteceram entre a manhã do sábado (1º) e madrugada desta segunda-feira (3)

Publicado em 03/02/2020 07:47 Atualizado em 27/11/2020 01:02
logo
Por Redação Portal T5
Quatro mulheres são assassinadas em menos de 48 horas na Paraíba

A professora Cristiane Soares foi morta a tiros durante uma aula, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba
A professora Cristiane Soares foi morta a tiros durante uma aula, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba Foto: Reprodução/Redes Sociais

Quatro mulheres foram mortas entre a manhã do sábado (1º) e madrugada desta segunda-feira (3), na Paraíba. Conforme a Polícia Militar, os crimes aconteceram nos municípios de Monteiro, Campina Grande, Caaporã e Bayeux. 

Na manhã do sábado, uma mulher foi encontrada morta em um sítio da área rural de Monteiro, no Cariri do estado. A polícia informou que o principal suspeito do crime é o companheiro da vítima. Josinete da Silva Sousa, 48 anos, tinha marcas de ferimentos provocados por faca.

Também no sábado, uma professora de capoeira morreu depois de ser baleada na cabeça durante uma aula para mulheres no Parque da Liberdade, em Campina Grande, no Agreste paraibano. Testemunhas disseram à polícia, que o suspeito de matar Cristiane Soares fugiu do local em uma mototáxi.

Na noite do domingo (2), Luzitania Felix Vidal de Negreiros, 40 anos, morreu após ser baleada quatro vezes,

na Rua Clemente Ferreira Piquet, no município de Caaporã. Ainda não há informações sobre a motivação e suspeitos do crime.

Uma jovem foi assassinada com seis tiros na madrugada desta segunda-feira, em Bayeux, na Grande João Pessoa. De acordo com a Polícia Civil, a vítima vivia em situação de rua. Cíntia Naiara Bernardo Freitas, 25 anos, não resistiu aos ferimentos provocados por pistola e morreu no local do crime. Segundo a família, a vítima era usuária de drogas, mas a polícia ainda investiga as causas do assassinato. 

Até a publicação desta matéria, nenhum dos suspeitos dos crimes havia sido encontrado pela polícia.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar