Paraíba

Quase 100 crianças estão entre famílias retiradas de "Dubai", em João Pessoa

Ações sociais buscam reduzir vulnerabilidades com acolhimento especial de atenção e proteção.

Publicado em 25/11/2021 10:55 Atualizado em 25/11/2021 13:43
logo
Por Redação Portal T5
Arquidiocese presta assistência à famílias despejadas.

Arquidiocese presta assistência à famílias despejadas. (Foto: ASA/Divulgação)

Cerca de 95 crianças fazem parte das pessoas retiradas da comunidade Dubai, durante operação da Polícia Militar (PM), nessa semana, em João Pessoa. Mais de 200 famílias estão abrigadas em quadras esportivas de três escolas públicas nos bairros de Valentina de Figueiredo e Mangabeira. 

Na decisão que autorizou a desapropriação da reversa ambiental de Mata Atlântica, o juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior determinou o acolhimento das famílias, em local adequado, com especial atenção e proteção aos idosos, enfermos, portadores de necessidades especiais, crianças, adolescentes e gestantes.

Desapropriação ocorreu na última terça-feira (23). (Foto: MTD/Divulgação)

Diante das vulnerabilidades dos desabrigados, diagnosticadas por assistentes sociais e agentes de saúde, uma ação social da Arquidiocese da Paraíba realiza a doação de três refeições diárias, além de artigos de higiene pessoal. “Estamos aqui desde muito cedo, mapeando a situação e trazendo tudo o que for necessário para alimentação e higiene, que são as maiores urgências destas pessoas. Para as crianças menores, os bebês, também trazemos a alimentação específica”, relata o sacerdote.

O Portal T5 questionou a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania sobre a atenção voltada ao público infantil que está sem moradia, mas até a publicação desta matéria, não houve resposta.

Em entrevista exibida pela TV Tambaú, a secretária de Habitação, Socorro Gadelha, falou sobre o acompanhamento às famílias.

Veja mais:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play