Polícia

Preso suspeito de matar funcionário de gráfica no dia de Natal, em João Pessoa

O funcionário foi morto após o alarme tocar e teve o celular roubado

Publicado em 07/10/2021 14:43 Atualizado em 07/10/2021 16:10
logo
Por Carlos Rocha
Preso suspeito de matar funcionário de gráfica no dia de natal, em João Pessoa

Preso suspeito de matar funcionário de gráfica no dia de natal, em João Pessoa (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho de investigação da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT), prendeu na manhã desta quinta-feira (7), em João Pessoa, um homem suspeito de ter cometido crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, no dia 25 de dezembro de 2018. O crime teve repercussão na época.

Segundo o delegado João Paulo Amazonas, o preso é acusado de crime de Latrocínio Consumado, ocorrido no interior de uma gráfica, no bairro de Mangabeira. De acordo com a Polícia Civil, a gráfica da Rua Desembargador Bolivar foi invadida por dois homens armados por volta de 1h. Edson Belarmino dos Santos, de 29 anos, foi baleado pelos criminosos após outro funcionário da empresa perceber o assalto e acionar o alarme. A dupla fugiu levando os celulares das vítimas. 

Na época, o delegado plantonista Paulo Josafá informou que esta foi a terceira tentativa de assalto registrada na empresa em um intervalo de seis dias. "Os criminosos estavam buscando acesso ao cofre da fábrica mais uma vez, mas não conseguiram. Em uma das tentativas, eles encontraram apenas documentos", disse. 

As investigações indicaram que a vítima teria suplicado pela própria vida, mas não foi poupada pelos assaltantes. O acusado foi encaminhado para a Central de Polícia de João Pessoa e os agentes seguem em investigação para capturar o outro suspeito de envolvimento no crime.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play