Paraíba

Preso há dois anos, cantor é solto depois de provar inocência

Acusado em 2019 por invadir granjas no litoral sul da Paraíba, Heverton Felipe ficou detido por dois anos no presídio do Róger, em João Pessoa.

Publicado em 21/04/2021 12:53 Atualizado em 21/04/2021 13:39
logo
Por Redação Portal T5
Preso há dois anos, cantor é solto depois de provar inocência

(Imagem: Reprodução / TV Tambaú)

O cantor Heverton Felipe, conhecido como Felupe, de 26 anos, foi solto na manhã desta quarta-feira (21) após passar dois anos preso na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, no bairro do Róger, em João Pessoa.

O artista foi preso preventivamente em 2019 por ser acusado de associação criminosa e invasão de granjas no litoral sul da Paraíba. Nesta quarta, os advogados do cantor conseguiram provar a inocência.

"Não tem justiça. A justiça foi feita por Deus e não pelo homem. É uma sensação de injustiça porque enquanto eu estava preso uma pessoa que cometeu o crime ficou solta e eu perdi dois anos da minha vida longe do meu filho, da minha família. Agora é reconstruir a minha vida e sair daqui de cabeça erguida", lamentou.

O advogado Roberto Nascimento provou à Justiça que o artista estava em outro local no momento do crime. "Ele estava em uma festa de aniversário com alguns colegas enquanto o crime estava ocorrendo. O nosso escritório e a equipe jurídica conseguiram demonstrar isso no processo e agora o juiz reconhecidamente acertou a decisão e declarou a inocência do acusado Heverton", disse.

Além do cantor, outras três pessoas acusadas no processo foram absolvidas.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play