Esportes

Presença de público é vetada em jogo do Campinense

Raposa entra em campo pelas oitavas da Série D diante do Guarany de Sobral.

Publicado em 23/09/2021 07:25 Atualizado em 23/09/2021 11:48
logo
Por Redação Portal T5
Estádio Amigão, em Campina Grande

Estádio Amigão, em Campina Grande (Imagem: Reprodução)

A Raposa tentou, mas não será desta vez que contará com a presença do torcedor nas arquibancadas do Amigão, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O Campinense tem nova decisão válida pela Série D - agora diante do Guarany de Sobral, no sábado (25), com bola rolando às 16h pelas oitavas de final.

A diretoria esbarrou em impedimentos legais. Apesar do decreto estadual que proíbe a presença de torcedores nos estádios do estado, o governador João Azevêdo (Cidadania) se mostrou favorável a realização de um evento teste com limite de 1.000 pessoas. Houve uma reunião nessa quarta-feira (22) em Campina Grande, onde o chefe do Executivo estadual cumpria agenda.

De acordo com o protocolo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a comunicação para presença de público deve acontecer com 72 horas de antecedência. Como o jogo é no sábado, não há tempo hábil suficiente para a execução de trâmites burocráticos. Vale lembrar que em Campina Grande a presença de até 15% do público nas praças esportivas é liberada pela prefeitura.

Um segundo impasse no caminho da Raposa diz respeito a negativa do Guarany para retorno do público no estádio do Junco. O protocolo da CBF atenta a essa questão: o retorno do público aos jogos das oitavas de final está condicionado ao equilíbrio e acordo. Ou seja, o torcedor só voltaria se ambos clubes compactuassem com a ideia.

O terceiro e último condiz ao posicionamento do Ministério Público da Paraíba (MPPB). De acordo com o procurador de justiça Valberto Lira, a presença do torcedor no jogo do Campinense estaria condicionada a um acordo entre as partes envolvidas – Polícia Militar, Secretarias de Saúde do estado e município, MPPB, governo do estado e clube – e, em razão do decreto estadual, aconteceria nos moldes dos jogos da seleção brasileira feminina. Não seria autorizada, inclusive, a venda de ingressos.

Veja mais:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play