Geral

Posso sacar o FGTS antes do prazo do calendário? entenda

A quantia de até R$ 1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) será liberado pelo governo federal a fim de amenizar a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Publicado em 16/06/2020 Atualizado em 26/11/2020

A quantia de até R$ 1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) será liberado pelo governo federal a fim de amenizar a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. 

Serão dois momentos da liberação: o primeiro com depósito para o pagamento de boletos e de compras online. Já no segundo, o dinheiro poderá ser sacado diretamente. 

O depósito deve acontecer entre os dias 29 de junho e 21 de setembro e a Caixa irá liberar os valores em poupanças digitais abertas pelo banco. O calendário é de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. 

Já o saque livre do dinheiro será liberado entre 25 de julho e 14 de novembro. A partir disso, o trabalhador vai poder sacar a quantia ou transferir para outra conta. 

O dinheiro não pode ser sacado antes desse prazo. Entretanto, existem ferramentas de contas digitais como Nubank, Inter, Banco Original e outros onde pode ser emitido um boleto de depósito e pagar no 'Caixa Tem' transferindo o valor para a conta digital.

Também existem opções como o PicPay, Mercado Pago e PagBank para que o saldo seja transferido para uma carteira digital. 

Leia também:

Covid-19: vacina que será testada no Brasil apresenta 90% de eficácia

FaceApp pode roubar dados dos usuários na internet; saiba como se prevenir

Novos secretários de Educação, Planejamento e Habitação de João Pessoa são nomeados

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar