Paraíba

Polícia da PB encontra fábrica de armas na casa de genro acusado de matar sogro

De acordo com relatos de testemunhas, o agricultor tentou matar a filha com um facão e foi impedido pelo companheiro dela

Publicado em 12/03/2021 18:45 Atualizado em 12/03/2021 19:23
logo
Por Carlos Rocha
Polícia da PB encontra fábrica de armas na casa de genro acusado de matar sogro

A polícia da Paraíba encontrou vestígios do que parece ser uma fábrica clandestina de armas no local em que um homem foi morto após tentar matar a própria filha. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (11), na cidade de Pedras de Fogo, e o suspeito é o genro da vítima. De acordo com relatos de testemunhas, o agricultor tentou matar a filha com um facão e foi impedido pelo companheiro dela.

Após o crime o homem fugiu do local e segue sem aparecer. Segundo a mulher, o pai sempre foi violento e havia constantes ameaças contra ela. A motivação dos desentendimentos seria a briga por propriedades. Em entrevista, a mulher afirmou que o companheiro é um homem de bem e contra a violência. Ela narrou que a atitude do companheiro foi apenas para defendê-la.

O caso

Uma verdadeira tragédia em família ocorreu na manhã desta quinta-feira (11), na cidade de Pedras de Fogo, Litoral Sul da Paraíba. Um homem morreu após ter sido atingido por tiros de espingarda calibre 20. O autor dos disparos foi o próprio genro, que teria cometido o crime para defender a esposa.

A vítima foi identificada como Manoel Lima da Silva, de 59 anos. De acordo com a irmã de Manoel, ele teria chegado muito alterado na casa da filha, armado com um facão e fazendo ameaças.

A filha de Manoel gritou por ajuda e entrou em luta corporal com o pai. Quando o marido dela, genro de Manoel, avistou a situação disparou contra o sogro. Ele morreu ainda no local. Após atirar contra o sogro o genro fugiu da cena do crime.

A polícia foi chamada, acionou a perícia que constatou que além dos tiros foram encontradas marcas de facadas no corpo da vítima. Uma das linhas de investigação seria a briga por terras já que, segundo familiares, Manoel atualmente estava morando em terras que pertencem a filha.

Leia também:

Lumena posta primeira selfie pós-reality: 'Muito conteúdo chegando'

Após 11 dias, Geraldo Luís recebe alta da UTI: ''A respiração já está bem melhor''

Conselho de Ética vai dar continuidade a processo contra Daniel Silveira

Hospital Universitário vai retomar atendimentos ambulatoriais a partir de segunda (15)

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play