Polícia

Polícia aguarda laudo médico para saber origem de ossada

Estudos estão sendo realizados com o material genético encontrado.

Publicado em 18/06/2018 12:22
logo
Por Redação Portal T5
Polícia aguarda laudo médico para saber origem de ossada

Foto: Pollyana Sorrentino / RTC

De

acordo com o delegado Reinaldo Nóbrega, titular da delegacia de

homicídios em João Pessoa, as investigações a respeito da ossada humana encontrada na última sexta-feira (15) já apresentam os primeiros desdobramentos. Ainda sem confirmação de que o material

genético pode ser de uma criança, o responsável pelo caso alerta

que só emitirá conclusões iniciais depois do recebimento e leitura

do laudo médico.

CRM-PB decide interditar Hospital e Maternidade de Cabedelo

Vamos

esperar e estar em posse desse documento. Só assim poderemos

confirmar a idade dessa possível vítima. Confirmada a hipótese nos

acionaremos os parentes mais próximos de Guilherme para confrontar

com o material genético”, informou em entrevista à equipe do

programa Tambaú da Gente, da TV Tambaú. “Vamos aguardar o laudo

para prosseguir com o trabalho”, completou.

Buscas

Reinaldo

Nóbrega também alertou que não se deve esperar 24h para acionar a

polícia no caso de um desaparecimento. “Isso é uma lenda urbana.

Mas, é claro, se a pessoa tem problemas com álcool, drogas ou se já

fez isso antes, podemos ponderar. Do contrário, se a pessoa não tem

histórico de sumiço, foi pra uma festa e não voltou, entrou em um

carro desconhecido… As autoridades devem ser acionadas

prontamente”, afirmou. “Quando mais cedo iniciarmos a

investigação, melhor para a conclusão do caso”, completou.

O

representante ainda alerta que crianças devem ser sempre

supervisionadas por responsáveis. “Não devemos deixar crianças

vulneráveis. Seja brincando na rua ou em qualquer outro lugar”,

concluiu.

Leia mais: Câmeras de segurança registram reação de homem em assalto a mercadinho da Paraíba

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play