Paraíba

Pesquisadora da Paraíba cria aplicativo para diagnosticar pessoas com zumbido

Com o nome de Avazum, o projeto visa solucionar dificuldades na avaliação do sintoma no ouvido

Publicado em 23/01/2020 13:15 Atualizado em 27/11/2020 01:27
logo
Por Redação Portal T5
Pesquisadora da Paraíba cria aplicativo para diagnosticar pessoas com zumbido

A pesquisadora do Grupo de Estudo e Pesquisa em Audição, Equilíbrio e Zumbido (Gepaez) e da Equipe Literacia de Inovação e Tecnologia em Saúde (Elits) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Hionara Nascimento, desenvolveu um aplicativo móvel para a realização de diagnósticos em pessoas com zumbido.

Com o nome de Avazum, o projeto visa solucionar dificuldades na avaliação do sintoma no ouvido, pois há uma demanda de tempo cansativa para pacientes e profissionais nos procedimentos tradicionais.

“Além de não ser um método interativo, o diagnóstico do sintoma é exaustivo tanto para o profissional quanto para o paciente. Sendo assim, houve a ideia de desenvolvimento do aplicativo para uma avaliação do zumbido com interatividade e centrada no usuário”, destaca Hionara.

Por meio do aplicativo, haverá benefícios para os usuários diante da possibilidade de direcionamento e de adequações de acordo com as queixas, as características e os sintomas deles.

“Isso beneficiará os pacientes, fazendo com que sejam encaminhados aos respectivos profissionais para uma avaliação mais detalhada, em qualquer lugar onde esteja usando o aplicativo. Além de receber dicas e orientações sobre o zumbido no momento do uso”, singulariza a pesquisadora.

Para Hionara Nascimento, o Avazum também contribui com o desenvolvimento sustentável, ao estimular a redução do consumo e das perdas de papéis em protocolos tradicionais de saúde.

Avazum App

A abordagem metodológica utilizada no Avazum foi a Design thinking e suas etapas de desenvolvimento se situaram na imersão, análise, síntese, ideação e prototipagem. A partir daí, criou-se o recurso digital para avaliação interativa do zumbido.

Pela ausência de aplicativos com esse intuito, o desenvolvimento do Avazum se direcionou para linguagem de programação e elaborou-se com base na abordagem centrada no usuário do design inclusivo.

Hionara Nascimento destaca ainda que o projeto irá ser aprofundado em pesquisas futuras e poderá colaborar com diversos setores para amenizar o problema no ouvido.

Zumbido

O zumbido é descrito como uma percepção subjetiva de um ou vários sons na ausência de uma estimulação sonora externa. O sintoma acarreta estresse, insônia, falta de concentração, ansiedade e depressão para quem possui.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), no ano de 2018, cerca de 300 milhões de pessoas foram diagnosticadas com zumbido, o que corresponde a quase 20% da população mundial na época. No Brasil, aproximadamente 30 milhões de indivíduos apresentavam sintomas do zumbido.

'A morte está aí, qualquer hora ela chega', diz Tarcísio Meira

Mesmo separadas por muro, paraibana faz Gabi chorar no BBB20; veja

Leia também: Conheça o ator brasileiro que integra o elenco de 'Sex Education', da Netflix

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play