Paraíba

PB tem menor ocupação de leitos de UTI do NE, diz Fiocruz

Fundação apontou estado como um dos menos preocupantes do país

Publicado em 07/04/2021 08:37 Atualizado em 07/04/2021 09:25
logo
Por Dennison Vasconcelos
PB tem menor ocupação de leitos de UTI do NE, diz Fiocruz

(Foto: Reprodução/FioCruz)

A Paraíba teve o menor índice de ocupação de leitos de UTI para a Covid-19 no Nordeste, entre os dias 29 de março e 5 de abril, segundo o boletim extraordinário divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), nessa terça-feira (6). Nesse período, paraibanos obedeceram regras mais rígidas de restrições, com fechamento de escolas, comércio, repartições públicas e estádios.

No estado, os leitos para adultos no SUS estavam na zona de alerta crítico desde o dia 15 de março. Agora, o índice para a zona é de alerta intermediário. Mesmo com números menos preocupantes, a Fiocruz alertou que a situação da pandemia pode ter níveis críticos ao longo deste mês. 

"É essencial neste momento a adoção, ou continuidade da adoção, de medidas urgentes, que envolvem a contenção das taxas de transmissão e crescimento de casos por meio de medidas de bloqueio ou lockdown, acompanhadas de respostas na ampliação da oferta de leitos com qualidade e segurança, bem como prevenção do desabastecimento de medicamentos e insumos", disse em boletim. 

As taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 também caíram em Roraima (de 62% para 49%), Amapá (de 100% para 91%) e Maranhão (de 88% para 80%). Dezenove estados e o Distrito Federal tinham taxas de ocupação superiores a 90%.

Na última semana, a Paraíba registrou o funcionamento apenas às atividades consideradas essenciais. Nessa segunda-feira (5), houve relaxamento das medidas de restrição. 

Boletim

Nas últimas 24 horas, a média de leitos de UTI ocupados aumentou para 82%. No Sertão, 100% dos leitos estão ocupados, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A média de ocupação de leitos nas enfermarias é de 68%.

Conforme o relatório, o estado superou a marca de 6 mil mortes por covid-19. Ao todo, 265.457 casos de contaminação foram registrados desde o início da pandemia.

Entre os confirmados no último boletim, 106 (12,97%) são casos de pacientes hospitalizados e 711 (87,02%) são leves. 


icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar