Paraíba

Paraíba tem cinco mortes violentas de pessoas LGBTI+ neste ano

Até o final de agosto, foram registradas 207 mortes violentas de LGBTI+ no Brasil

Publicado em 29/09/2021 16:06 Atualizado em 29/09/2021 18:10
logo
Por Redação Portal T5
Bandeira LGBT

Bandeira LGBT (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Na Paraíba, cinco pessoas LGBTI+ morreram de janeiro a agosto de 2021. A informação foi divulgada no relatório parcial “Mortes Violentas de LGBTI+ no Brasil”, produzido pela Acontece – Arte e Política LGBTI+ e pelo Grupo Gay da Bahia. O levamtamento traz dados sobre a violência e a violação de direitos sofridas por pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, intersexos e demais dissidências sexuais e de gênero.

De acordo com os dados do relatório, até o dia 31 de agosto deste ano foram documentadas 207 mortes violentas de LGBTI+ no Brasil. O número representa mais de 87% das mortes registradas de janeiro a dezembro de 2020, quando foram computadas 237 mortes.

Conforme divulgado, a população de homens gays foi a que mais sofreu com mortes violentas, representando 49,28% do total (102 mortes), seguida pela população de mulheres trans e travestis, com 41,55% (86 mortes). As mulheres lésbicas representam 3,86% (oito mortes), os homens trans correspondem a 0,97% (duas mortes) e as pessoas bissexuais dizem respeito a 0,48% (uma morte).

Há ainda cinco pessoas que não tiveram a orientação sexual ou identidade de gênero identificadas, representando 2,42% do total, além de três pessoas heterossexuais (1,45%) mortas por serem confundidas com LGBTI+.

Clique aqui para acessar o relatório parcial completo.


Leia também:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play