Paraíba

Pai que matou filha em Boqueirão se entrega e responde pelo crime em liberdade

Em depoimento, ele disse que não teve a intenção de matar a vítima.

Publicado em 02/01/2021 12:05 Atualizado em 02/01/2021 12:10
logo
Por Redação Portal T5
Pai que matou filha em Boqueirão se entrega e responde pelo crime em liberdade

(Foto: Reprodução/Facebook)

O homem suspeito de matar a própria filha de 36 anos, na cidade de Boqueirão, no Agreste da Paraíba, se entregou à polícia na última quinta-feira (31). O crime aconteceu no dia 29 de dezembro.

De acordo com o delegado Ilamilton Simplício, da delegacia seccional de Queimadas, o homem disse que não tinha a intenção de matar e que a arma teria disparado acidentalmente.

Em depoimento, o suspeito também alegou que não teve qualquer tipo de divergência com a filha. Após interrogatório, o homem vai responder pelo crime em liberdade, pois se apresentou espontaneamente.

O crime

Uma mulher de 36 anos foi assassinada com um tiro na cabeça, no município de Boqueirão, no Agreste da Paraíba. Segundo a Polícia Civil, o suspeito do crime é o pai da vítima, que disputava com a filha a posse de uma área rural.

Conforme as investigações, o pai de Adanailza Araujo Vieira utilizou uma espingarda artesanal para disparar contra ela. Testemunhas declararam que a discussão entre o pai e filha era por conta de uma plantação em uma área do terreno. Ele não aceitava que a filha utilizasse o ambiente. Adanailza e o pai conviviam há pouco tempo. Ele chegou à Paraíba há cerca de um mês.

A mulher foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital de Boqueirão, mas não resistiu aos ferimentos.


icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play